Os vereadores foram eleitos em 2018 e apresentarão indicações, requerimentos e projetos que envolvam o município. (Fotos: Alexandre Müller)

Aconteceu na quinta-feira (28/02), a primeira sessão ordinária dos vereadores do projeto Parlamento Jovem, que trouxe para dentro das escolas o acompanhamento do transcorrer do processo eleitoral de escolha de um candidato a cargo eletivo, e nomeou nove vereadores mirins que representarão jovens e alunos com projetos, indicações e requerimentos. Os alunos são estudantes do Colégio Estadual São Mateus (CESM).

Estiveram presentes na primeira sessão, alunos do CESM, familiares e membros da comunidade, além do presidente da Câmara de Vereadores, Nereu Edmundo Dal Lago e a equipe do Fórum Eleitoral. As sessões acontecerão na última quarta-feira de cada mês.

De acordo com Ana Cláudia Neumann Cabral, Chefe de Cartório da 12ª Zona Eleitoral, este projeto é uma ferramenta essencial que a Justiça Eleitoral dispõe para, em parceria com escolas e poderes legislativo e executivo, aproximar os adolescentes do processo eleitoral e contribuir para uma formação fundamentada nos pilares da cidadania. “Durante o projeto simulam-se as etapas de uma eleição, desde a filiação dos alunos a partidos políticos, composição dos partidos (presidente, secretário e tesoureiro), escolha dos candidatos em convenções, propaganda eleitoral nos limites da escola e, por fim, a eleição, inclusive com a utilização da urna eletrônica. Após eleitos, os alunos reúnem-se em sessões para desempenhar atribuições do poder legislativo, como fiscalizar o poder executivo, os gastos públicos e apresentar demandas da população por meio de indicações e projetos”, explica Ana.

Segundo o vereador do parlamento jovem, Matheus Oliva, eleito presidente da mesa diretora, a primeira sessão realizada pelos vereadores foi de fundamental importância para colocar em prática o conhecimento e toda a preparação feita com a ajuda dos professores das disciplinas de sociologia e filosofia.

Durante a sessão, os vereadores discutiram o ofício enviado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sobre a redução de seis meses do mandato dos vereadores, sendo que o prazo previsto era de um ano. “Recusamos o ofício em plenário e decretamos com argumentações que o mandato deverá permanecer por um ano. A ata de sessão será encaminhada para o TRE”, explica Matheus. O projeto foi vetado por unanimidade.

Houveram indicações referente a melhorias da estrada principal do Faxinal dos Ilhéus, e manutenção de uma estrada secundária da mesma localidade para o acesso de um aluno com deficiências até o trajeto para a escola, propostos pelos vereadores Matheus Oliva e Caroline de Souza Wisniewski. A vereadora Poliana Carvalho Ribas, propôs um requerimento para mais informações e fiscalizações do contrato da Prefeitura Municipal com a empresa responsável pelo transporte escolar dos alunos. As indicações e requerimento foram aprovados por unanimidade. Na ordem do dia, também constava a vinculação dos nove vereadores com os grêmios estudantinas dos colégios do município.

Os vereadores se organizaram em comissões:

Justiça e legislação: Poliana Carvalho Ribas, Caroline de Souza Wisniewski e Jaíne Eulalia de Oliveira;

Finanças: Poliana Carvalho Ribas, Caroline de Souza Wisniewski e Leandro Cesar Guimarães;

Obras: Jaíne Eulalia de Oliveira, Leandro Cesar Guimarães e Amanda Laís Maciel Kugeratski.

Educação e assistência social: Ellen Caroline Balestreri, Maísa de Oliveira Santos e Amanda Camila de Paula e Silva.

“A meu ver, o projeto não objetiva formar políticos, mas trabalhar com os alunos noções de cidadania, a importância de se conhecer os direitos e os deveres no contexto da sociedade e a sua capacidade de participação e de intervenção nos assuntos do município”, garante Ana Cláudia.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Cartório Eleitoral de São Mateus do Sul convida cidadãos a se tornarem voluntários nas Eleições 2018
Servidores da Prefeitura Municipal manifestam questões salariais na Câmara de Vereadores
Câmara Municipal de Vereadores inicia ano legislativo em São Mateus do Sul e define comissões parlamentares

Deixe seu comentário

*