Cidade

1º Feirão Solidário e Comércio é marcado pela união do povo são-mateuense

Idealizado pela equipe da CBX Imóveis, aconteceu nos dias 29 e 30 de julho um evento de grande renome para a cidadania são-mateuense, em prol a todas as entidades beneficentes de São Mateus do Sul, Antonio Olinto e São João do Triunfo. (Fotos: Alexandre Müller/Gazeta Informativa, Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa e Thaís Siqueira/Gazeta Informativa)

Quando o assunto é trabalhar e consequentemente ajudar em atos de solidariedade, São Mateus do Sul se torna referência nesses quesitos para outras cidades. O povo que é respectivo e muitas vezes conhecido pela fabricação de um bom mate, também é o povo que corresponde a todas as expectativas quando o assunto é fazer o bem sem olhar a quem.

O 1º Feirão Solidário e Comércio de São Mateus do Sul e região foi identificado como um dos maiores e melhores eventos dedicados a ações de benefícios para entidades que necessitam sempre de toda ajuda, seja ela financeira ou de bens materiais (como alimentos, roupas, materiais de higiene, entre outros).

A equipe da Gazeta Informativa se fez presente e registrou os dois dias do evento. Todas as fotos estão na página do jornal no Facebook.

O propósito do evento era arrecadar 1kg de alimento não perecível na entrada, porém algumas pessoas optaram pelo pagamento em dinheiro para a entrada no feirão, que resultou em R$ 5.100,00 e com esse valor, os organizadores estarão comprando mantimentos, e ambos serão encaminhados para entidades filantrópicas municipais e regionais. Até o fechamento desta edição, o número exato da quantidade de alimentos arrecadados não foi contabilizado.

O feirão buscava o reconhecimento de empresas empreendedoras do município, e também a valorização de atrações locais e regionais, como cantores e apresentações de dança. Uma iniciativa de Cleber Barros, proprietário das empresas construtora, imobiliária e atacadista CBX, e também da panificadora e confeitaria Pão Quente, que mostrou durante seu trabalho nos dois dias de feirão o quanto é importante o incentivo local para entidades que necessitam de todo apoio e assistência.

No último sábado do mês de julho (29), já pela manhã, todas as corporações participantes estavam entusiasmadas para organização das atividades que propuseram, fazendo dessa forma, que a qualidade e estética presente em cada stand, se tornasse destaque para os serviços realizados pelas empresas.

Com apoio das prefeituras de São Mateus do Sul, Antonio Olinto, São João do Triunfo, Bituruna e Canoinhas, o evento também contou com a participação do Jornal Gazeta Informativa; da equipe dos Anjos de Plantão que estava com a campanha Juntos pelo Bernardo; APAE de Antonio Olinto; Academia Fit Way; Studio Dance A2; Mundo Mágico; rádios Cultura Sul FM, Novo Milênio FM, Info Sul e Difusora do Xisto; RAVIFA Arquitetura e Engenharia; restaurante O Galileu; Revecar; Info Samas; Universal Vidros & Acabamentos; Casa Grande Materiais para Construção; Mano Madeiras; Colchões Ortobom; Caixa; Global Tratores; CBX; Concre Arte; Cerâmica Pasquali; Santorine Artefatos de Concreto; ACIASMS; S.O.S Serviços; Fascínio Planejados Italínea; SICOOB; Ervateira Taquaral; Celeiro Shop; Panificadora e Confeitaria Pão Quente; Sardanha e Clargel Embalagens, que dividiram todas as despesas do feirão.

Um bom papo, fotos, algumas cuias de chimarrão, uma pipoca, degustações e apresentações embalaram as tardes de todo fim de semana, como as apresentações italianas do grupo de dança Camare, do grupo de música Tozeti, orquestra de viola ambas de Bituruna; apresentação do grupo de música gospel do munícipio; apresentação dos grupos de dança da Fit Way e Studio Dance A2; apresentações folclóricas polonesa com o Grupo Karolinka e também ucraniana do Grupo Jetia; a Fanfarra de Antonio Olinto e a apresentação infantil da Frozen.

Um evento desse porte não pôde deixar de ter uma boa trilha sonora. O 1º Feirão Solidário contou com a presença de cantores de São Mateus do Sul e região, que fizeram dos dois dias solidários um verdadeiro espetáculo. Junior Valy, André Viola, Renan Ricardo, Andryus Ferraz, Tiano, Bianca e Gustavo, Jeciel Franco, Beth Brazil, Junior e Lipe, Grupo Balanço, Grupo Zero Hora, Ricky Benedetti, Rafa Glinski participaram gratuitamente do evento, e disponibilizaram boas músicas para a população.

O apresentador do programa Conexão Musical que é realizado toda terça-feira, às 20h, ao vivo pelo facebook da Gazeta Informativa, Junior Valy, foi uma das atrações do 1º Feirão Solidário, com um show repleto de animação, que levou o público para cantar os maiores sucessos da atualidade.

“Acredito que para todo artista subir no palco é um momento único. E subir no palco para o reconhecimento dos artistas que estão a mais tempo na estrada em São Mateus do Sul foi recompensador. Muitas pessoas nos conhecem de vista, e o evento proporcionou a valorização do nosso trabalho como artista. A estrutura foi digna de um show de primeira, por ser beneficente, parabenizo aos organizadores, mas meus parabéns vai especialmente para a população são-mateuense, que prestigiou e compareceu da melhor maneira possível no feirão”, enfatiza o cantor Junior Valy, que apresentou-se na noite de domingo (30/07).

A equipe da Gazeta Informativa esteve com um stand dinâmico para toda população que lá participava. Exemplares da última edição impressa foram distribuídos, assinaturas foram realizadas e a promoção de fotos tiradas com a marca do jornal rendeu o sorteio de 3 prêmios, 1 oferecido pela Gazeta Informativa, 1 pela empresa de cosméticos e presentes Carolices e outro pela Ervateira Taquaral. Mayara Waligurski, Evandro Aguilera e Felipe Silva Burdzinski foram os sortudos que levaram para casa os prêmios cedidos.

Vale salientar que todo o evento não contou com dinheiro oferecido pelo poder público, desde a montagem da parte estrutural (como stands e sons), as verbas que foram usadas para esses fins partiram da locação do espaço das empresas participantes.

Na segunda-feira (31/07), a equipe da CBX e o grupo de voluntários dos Anjos de Plantão se mobilizaram para a limpeza na Rua Dom Predro II, que foi usada para os dias de evento. “Tudo aqui foi voluntário mesmo, estamos fazendo um serviço em prol de nossa comunidade. Eu amo São Mateus do Sul!”, destaca Cleber Barros.

Propostas para um segundo feirão estão sendo analisadas, a repercussão e a solidariedade fortemente presente, mostrou a total credibilidade do ideal proposto, e o apoio de toda a população aumenta cada vez mais a força de vontade na mobilização de eventos dessa categoria.

O propósito do evento era arrecadar 1kg de alimento não perecível na entrada, porém algumas pessoas optaram pelo pagamento em dinheiro para a entrada no feirão.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Com estradas em péssimas condições, moradores do Lageadinho realizam manutenção no trajeto
Greve dos bancários fecha agências de São Mateus do Sul a partir de quinta-feira por tempo indeterminado
Uso de narguilé está proibido no espaço coberto da Rua do Mathe