Veículo será testado por cerca de 60 dias no trecho entre Curitiba e Ponta Grossa. (Foto: Divulgação)

O primeiro ônibus elétrico intermunicipal do Brasil teve seu primeiro trajeto com passageiros realizado na segunda-feira (23), em Curitiba, no Paraná. O percurso ocorreu do Jardim Botânico até a Cidade Industrial de Curitiba (CIC), como ato simbólico do lançamento do projeto, que foi oficializado entre jornalistas durante uma coletiva de imprensa, no período da tarde. A novidade foi idealizada e executada pela Expresso Princesa dos Campos (EPC), Embarca (plataforma que conecta clientes, operadores e motoristas), Marcopolo e BYD.

Os testes operativos durarão 60 dias e o trajeto oficial será entre as cidades de Ponta Grossa e Curitiba, que fica a 117 quilômetros de distância. O veículo possui autonomia de 250 quilômetros e capacidade para 44 passageiros sentados.

De acordo com os estudos feitos pela BYD, a introdução do equipamento no setor pode representar até 70% de economia no custo operacional, diminuindo aproximadamente 118,7 toneladas de emissão de dióxido de carbono no meio ambiente por equipamento, equivalente ao plantio de 847 árvores, ou até mesmo a 72 mil quilômetros percorridos por ano pelos ônibus tradicionais. O número também corresponde a uma viagem por dia de Ponta Grossa a Curitiba contando ida e volta.

“A Princesa dos Campos foi convidada para ajudar a colocar a ideia do ônibus elétrico intermunicipal em prática. Nós acreditamos que seria possível. Tivemos a coragem de ser a primeira viação de ônibus a investir nesse modelo de negócio e a nos disponibilizarmos a testar. Nosso desafio agora é viabilizar que esses testes possam ser executados com segurança para que o melhor serviço seja ofertado aos nossos passageiros”, comenta o presidente e CEO da Expresso Princesa dos Campos, Gilson Barreto. Os executivos da EPC, Alexandre Gulin, Vice-Presidente Comercial de Passagens; e Marcelo Sobhie, Diretor de Cargas e Encomendas também participaram da solenidade de lançamento do projeto.

É a eletricidade armazenada em baterias de lítio ferro fosfato, utilizada para o funcionamento dos motores elétricos, que se encontram nas duas rodas traseiras. Para a operação, haverá dois pontos de recarga; um em Ponta Grossa e outro em Curitiba. “Desde a fundação da BYD em 1995 na China, o fundador Wang Chuanfu, tinha um projeto para atuar em soluções integradas, como a geração de energia através de fontes renováveis, armazenamento seguro e sustentável de energia e a eletrificação dos transportes e consumo eficiente”, afirma o Gerente de Vendas da BYD e Head no segmento de ônibus, Israel de Campos.

De acordo com Israel, a BYD já trabalha com vários produtos direcionados a eletromobilidade, como armazenamento de energia, chassi para ônibus, caminhões, automóveis, empilhadeiras, rebocadores de cargas, furgões, módulos de baterias e Charging Service. Vale lembrar que a empresa foi pioneira na introdução de caminhões elétricos no Brasil. “Apostamos nessa ideia do ônibus elétrico intermunicipal e buscamos os parceiros certos para investirmos juntos”, acrescenta Israel.

No projeto do ônibus elétrico intermunicipal, a estrutura é constituída por materiais de alta resistência, como a torção e a flexão. Os freios a disco regenerativos, com sistema ABS, proporcionam maior segurança e autonomia ao veículo. A energia cinética dá ao equipamento a capacidade de reverter nos momentos de frenagem, permitindo a realimentação dos sistemas de baterias. O modelo BYD D9F dispões de uma recarga total que se dá em um período de até quatro horas.

Segundo o Head da Marco Zero, braço de investimentos e novos negócios da Marcopolo, Alexandre Cruz, “o movimento feito em parceria com a Expresso Princesa dos Campos, a Embarca e a BYD requer um certo nível de visionarismo, já que é algo novo e pouco incentivado no setor de transporte rodoviário no país. Estamos sendo disruptivos com a tradicionalidade e por isso que buscamos parceiros que têm os mesmos valores que os nossos, de sustentabilidade e aprendizado”, sustenta Alexandre.

Outra empresa parceira na execução do projeto de ônibus elétrico intermunicipal é a Embarca. Conforme o CEO e fundador da Arca Mobility as a Service, Felipe Gulin, o lançamento do ônibus elétrico com trajeto entre Curitiba e Ponta Grossa é um marco para a startup. “Um dos valores da Embarca é gerar negócios com mais sustentabilidade e viabilizar iniciativas inovadores. Por isso decidimos ser parceiros no projeto, até porque uma das nossas intenções é trazer soluções para as operações. Com a ideia de poluir menos estaremos colaborando também com o meio ambiente”, ressalta Felipe.

Sobre a BYD

A BYD foi por quatro anos consecutivos (de 2015 a 2018) a maior fabricante global de baterias de lítio-ferro e de veículos elétricos e plug-in. A empresa está presente nos seis continentes, com veículos operando em mais de 300 cidades de 50 países. Superando 220 mil funcionários distribuídos em mais de 30 fábricas ao redor do globo (sendo 20 mil engenheiros pesquisadores que já desenvolveram acima de 24 mil patentes). A BYD é ainda a segunda maior fornecedora de componentes para celulares, tablets e laptops no mundo. Em 2019, a empresa alcançou a terceira posição entre as companhias que estão mudando o mundo para melhor, “Change The World”, da Revista Fortune, e, em 2016, ganhou o prêmio Zero Emission Eco system da ONU, entre outros prêmios internacionais.

No Brasil, a BYD abriu sua primeira fábrica em 2015 para produção de chassis de ônibus elétricos e comercialização de veículos e empilhadeiras em Campinas, interior de São Paulo. Em abril de 2017, inaugurou sua segunda planta, para produção de módulos fotovoltaicos, consolidando-se como uma das líderes desse importante mercado no Brasil. Em 2020, a BYD iniciou a operação de sua terceira planta fabril no País, em Manaus, para a produção de baterias. A BYD também é responsável por dois projetos de SkyRail (monotrilho) no país: Em Salvador, com o VLT do Subúrbio, e na cidade de São Paulo, com a Linha 17 – Ouro. Em abril de 2021, a BYD Brasil passou a integrar o Pacto Global, iniciativa da Nações Unidas (ONU) para mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Sobre a Arca Mobility as a Service

A Arca é uma empresa de tecnologia especializada em desenvolver soluções para mobilidade por meio de aplicativos. Seu propósito é conectar origens e destinos no mundo, ajudando na decisão da mobilidade das pessoas.

Sobre a Embarca

Embarca é uma plataforma completa para os operadores de transportes, a qual permite conectar clientes, operadores e motoristas. O sistema desenvolvido pela Arca, que já atua com o marketplace para venda de passagens. Embarca.Ai, integra também as soluções: Embarca.M, aplicativo desenvolvido para auxiliar os motoristas; e o Embarca. E, sistema para gestão de encomendas. Mais informações no site: http://embarca.com.br

Sobre a Marcopolo

Fundada há 72 anos em Caxias do Sul (RS), a Marcopolo S.A é líder na fabricação de carrocerias de ônibus no Brasil e posiciona-se entre as maiores fabricantes do mundo. A companhia investe de forma contínua em aprimoramento, tecnologia, design e inovação, produzindo soluções que contribuem para o desenvolvimento do transporte coletivo de passageiros de forma sustentável. Com fábricas nos cinco continentes, os veículos produzidos pela empresa rodam nas estradas de mais de 120 países.

Sobre a Expresso Princesa dos Campos

Com tradição de mais de 80 anos no mercado, a Expresso Princesa dos Campos tem no seu DNA de sucesso uma grande equipe de profissionais dedicados que aprimoram a cada dia todos os serviços prestados pela empresa. Desde o atendimento, passando pelas áreas de passagens, encomendas, encomendas expressas e fretamento, você pode ter a certeza de contar com grandes amigos. Uma história de sucesso marcada por constantes avanços e inovações, desde o transporte de malas postais na década de 30 até a condição de referência nacional do setor, destaca o Expresso Princesa dos Campos pelas suas conquistas, compromissos com questões sociais, cidadania e meio ambiente.

Por assessoria

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Prefeitura de São João do Triunfo esclarece estrutura danificada no cemitério municipal
É desvendada a lenda dos túmulos que se uniram no cemitério de São João do Triunfo
Nova sede da Prefeitura Municipal de Antonio Olinto é inaugurada