Comércio Exterior em Foco

Principais parceiros comerciais de São Mateus do Sul no que diz respeito ao comércio internacional

Imagem Ilustrativa

Muitas vezes ao falarmos de exportação e importação, não imaginamos até onde os produtos de determinada região podem alcançar. Com a globalização e a abertura das economias, podemos facilmente estar usando uma roupa produzida na Indonésia assim como um cidadão de um pequeno vilarejo no interior da Estônia pode estar consumindo um suco de frutas oriundas do Brasil. Hoje, o mercado não tem fronteiras, podemos vender e comprar de (quase) todos os países. Nesse sentido, no texto dessa semana iremos falar sobre os principais parceiros comerciais de São Mateus do Sul no que diz respeito ao comércio internacional.

Primeiramente, é importante percebermos que o cenário internacional sofreu grandes mudanças na última década. Os Estados Unidos, que era o principal parceiro comercial de grande parte dos países, foi perdendo espaço para a China, que vem aumentando sua capacidade produtiva a cada ano e hoje já possuiu o segundo maior PIB do mundo, perdendo justamente para os Estados Unidos. O Japão, que teve intenso crescimento econômico nas décadas de 80 e 90, está estagnado, mas, mesmo assim, ainda é a terceira maior economia do mundo. Também surgiram os chamados BRICS, países em desenvolvimento que têm mostrado crescimento acentuado do PIB e da economia. Os países membros do BRICS são: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Com esse breve panorama da economia mundial, podemos agora analisar o comércio exterior do município, na medida que é importante contextualizar as economias locais na economia global.

De janeiro a maio de 2017, os principais compradores (ou importadores) dos produtos de São Mateus do Sul foram: Estados Unidos, comprando US$ 2.127 mil; Uruguai, importando US$ 831 mil; Paraguai, com US$ 743 mil; Chile, com US$ 533 mil; e Argentina, sendo responsável por US$ 400 mil. Juntos, esses cinco países correspondem a 80% de todas as exportações do município. Interessante perceber que apenas os Estados Unidos não está localizado na América Latina.

No mesmo período, os principais países de origens das importações de São Mateus do Sul foram: Argentina, com US$ 94 mil; Alemanha, vendendo US$ 58 mil; Itália, com US$ 29 mil; Estados Unidos, participando com US$ 27 mil e; Espanha, com US$ 9 mil. Podemos notar que existe uma diversificação maior nas importações do município comparado com as exportações. Esses países representam 97% das origens dos produtos comprados por São Mateus do Sul.

No próximo artigo, vamos fazer um cruzamento de dados, entre os principais parceiros e os principais produtos do comércio exterior do município. Até lá!

Kenji Ricardo Kubo

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Uruguai é o principal importador dos produtos de São Mateus do Sul nos últimos 20 anos
Comércio Exterior de São Mateus do Sul movimentou mais de R$ 51 milhões em 2017
Itália lidera lista dos principais fornecedores internacionais de São Mateus do Sul