Indústria e Comércio

Programa Bom Negócio Paraná forma a 4ª turma em São Mateus do Sul

O objetivo do projeto é a capacitação gerencial e consultorias gratuitas para micro e pequenos empresários, além de facilidades no acesso às linhas de créditos de baixo custo. (Foto: Alexandre Müller/Gazeta Informativa)

Se encerrou na sexta-feira (13), mais uma turma do Programa Bom Negócio Paraná em São Mateus do Sul, implantado por meio da parceria entre a Prefeitura Municipal e a Agência de Fomento Paraná. 35 empresários e futuros empreendedores foram capacitados para desenvolver suas atividades no município.

A cerimônia ocorreu no Centro da Juventude Laurival Kwiatkowski Mayer (CEJU), e contou com a presença do Prefeito Luiz Adyr Gonçalves Pereira, que junto do Presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de São Mateus do Sul (ACIASMS), Valdir Wenglarek, fizeram a entrega dos diplomas de conclusão do curso aos participantes.

O programa que é desenvolvido e subvencionado pelo Governo do Estado do Paraná junto às instituições educacionais estaduais, tem como principal objetivo contribuir para o desenvolvimento econômico e social dos municípios onde atua, por meio da capacitação de micro e pequenos empresários, visando o crescimento destes negócios para a geração de emprego e renda da população local.

O Programa Bom Negócio Paraná, instituído em 2012, oferece cursos de capacitação gerencial e consultorias gratuitas, para micro e pequenos empresários, além de facilidades no acesso às linhas de créditos de baixo custo da Fomento Paraná.

A parceria na realização e promoção do curso é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e a ACIASMS.

35 são-mateuenses foram capacitados pelo Programa Bom Negócio Paraná e poderão aplicar seu conhecimento em suas empresas, ou futuros empreendimentos na economia local. (Foto: Divulgação)

O curso foi realizado na modalidade presencial e ministrado pela professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Marta Lúcia Schaedler, em cinco módulos: gestão de negócios, gestão comercial, gestão de pessoas, gestão financeira e gestão estratégica.

O Secretário de Indústria e Comércio do município, Helio Toshio Sakurai, se manifesta sobre a atuação das empresas apresentando dados de que muitas duram pouquíssimo tempo sem a preparação técnica necessária para o mercado. “Cerca de 45% das microempresas não duram mais de dois anos, enquanto os Microempreendedores Individuais (MEI’s), apenas 13%.”

Estudos provindos pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), indicam que as empresas que não se preparam na área de gestão de negócios estão pressupostas a cometer falhas, diferentemente das que fazem. “Se não há capacitação a empresa não cresce. A ideia é preparar e as empresas darem continuidade em seu processo de crescimento.”

Segundo Sakurai, para o Governo, todas as modalidades de empresas, seja pequena, de médio ou grande porte, são importantes para a economia do Estado. “Todo negócio nos dias de hoje tem de haver profissionalismo e não existe outra forma senão através da capacitação das pessoas. Não podemos apenas levar as coisas no ‘eu acho’. Tem de possuir fundamentos teóricos de gestão, recursos, etc.”

É a quarta turma que se forma em São Mateus do Sul, de forma gratuita. Até o final do ano mais uma turma iniciará as atividades. “As chances de tudo dar certo são muito grandes e o município quer que as pessoas se capacitem e cresçam, e por consequência colaborem com toda a cidade e sua economia. A Prefeitura está dando esse apoio aos empreendedores que querem entrar num empreendimento, fazer seu próprio negócio ou mesmo dar sequência ao trabalho já desenvolvido”, enfatiza Helio.

Um exemplo de perseverança

A jovem empresária são-mateuense, Eliete Souza Guerro, há 4 anos deixou suas atribuições de dona de casa para investir em si e colaborar com a renda familiar. Ela passou a vender diariamente caldo de cana na praça do Terminal Rodoviário Guilherme Kantor e a participar da tradicional Feira Livre do Produtor, aos sábados e periodicamente às quartas-feiras.

Por incentivo da Secretaria Municipal de Industria e Comércio, Eliete fez parte do curso formador do Programa Bom Negócio Paraná, e desde o primeiro dia da capacitação, já vem aplicando os conhecimentos. Isso vai desde a gestão de seu negócio até o atendimento diferenciado aos clientes.

“O curso foi muito importante. O que para mim era somente teoria estou colocando em prática no meu negócio e está funcionando de vento em poupa, literalmente”, enaltece a empresária que esbanja animação e disposição com a venda de seu caldo de cana 100% natural.

A empresária comenta que dentre todo o conteúdo adquirido no Programa, às questões financeiras e de gestão pessoal foram bem importantes. “Pude aprender corretamente como fazer para poder crescer.”

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Incepa suspende suas atividades por conta da paralisação dos caminhoneiros
SIX abre cadastro reserva para contratação de mão de obra
Possibilidade de fechamento da SIX mobiliza lideranças políticas em viagem a Brasília