(Foto: Carlos Karpinksi)

O Projeto de Lei nº 038/2019 que altera a estrutura orgânica do município de São Mateus do Sul e dá outras providências, foi enviado à Câmara Municipal de Vereadores, pelo prefeito Luiz Adyr Gonçalves Pereira e gerou muita polêmica e discussão, com opiniões diferenciadas a respeito do assunto na sessão de terça-feira (26).

O vereador Jackson Machado defendeu com unhas e dentes a necessidade da criação desse cargo comissionado. Segundo o vereador, o município recebeu o alerta do Tribunal de Contas da União, que foi extinto alguns cargos para equilibrar as contas do município, mas, por outro lado, vê a importância da criação desse cargo especificamente que vai atuar na área da saúde.

O vereador Omar Raimundo Picheth Neto, falou da necessidade da contratação de um técnico de enfermagem, pois o município está carente de um profissional qualificado para atuar no Pronto Atendimento (PA). Picheth comentou ainda, que tem presenciado as grandes filas para atendimento que duram até cinco horas para serem atendidos, inclusive pessoas idosas e crianças, deixando as mães aflitas.

O vereador disse não entender que o prefeito alega ter uma folha de pagamento onerosa, mas agora está criando mais um cargo comissionado, sendo que está faltando operadores de máquinas e motoristas de caminhão.

Picheth citou ainda – aproveitando o comentário do vereador Jackson Machado que falou sobre a extinção de cargos comissionados – que foi extinto dois cargos de 3 mil reais e agora está sendo criado um cargo de 5 mil reais e por isso o alerta do Tribunal de Contas continua.

A vereadora Marta Regina Centa, se pronunciou favorável a criação do cargo e disse que já ouviu comentários que a vereadora Marta se vendeu para o prefeito e rebateu as críticas dizendo: “não tenho rabo preso com ninguém” e prosseguiu, “sou favorável a esse cargo pois quero que as coisas melhorem e se for para melhorar eu voto a favor”.

Os vereadores Julio Balkowski e Fernanda Sardanha se pronunciaram contra a criação de mais um cargo em comissão que gerará mais despesas para o município. Depois da maioria dos parlamentares discutirem o Projeto de Lei, o presidente da casa, vereador Nereu Edmundo Dal Lago colocou em votação.

Foram favoráveis os vereadores: Jakson Machado, Geraldo Altevir de Paula e Silva, Miguel Ângelo Magnani Junior e Marta Regina Centa.
Votaram contra o projeto, os vereadores Omar Raimundo Picheth Neto, Fernanda Sardanha e Julio Balkowski.

O vereador Edival Guimarães esteve ausente e o presidente Nereu Edmundo Dal Lago só vota em caso de necessidade de desempate.

PROJETO DE LEI LEGISLATIVO – 2ª DISCUSSÃO E VOTAÇÃO

O Projeto de Lei nº 015/2019 que denomina rua do município de São Mateus do Sul como “Rua Manoel Ferraz de Lima” foi aprovado por unanimidade.

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO – 1ª DISCUSSÃO E VOTAÇÃO

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 002/2019: Dispõe sobre a aprovação das contas do Poder Executivo de São Mateus do Sul, Estado do Paraná, exercício financeiro de 2014.

Nesse projeto foi adotado o sistema de voto secreto, onde os vereadores recebem uma cédula impressa e usando uma caneta em local restrito para marcar, (aprovo ou desaprovo), em seguida colocado em uma urna de madeira lacrado com chaves.

Nesse sistema todos os vereadores presentes votaram, sendo sete votos aprovando e um voto desaprovando as contas relativas ao ano 2014 do então prefeito Clóvis Ledur.

Foram colocadas algumas indicações de serviço para serem executados por parte da Secretaria de Obras uma que chamou atenção foi a manutenção da ponte sobre o Rio Cachoeira na Rua Antônio Bizzineli que dá acesso a Colônia Iguaçu e Parque Tamareiras.

Indicação por parte dos vereadores Fernanda Sardanha, Julio Balkowski e Omar Raimundo Picheth Neto.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
A visão dos são-mateuenses para a nova gestão política de Bolsonaro
Vereadores esclarecem faltas, comentam reportagem e se defendem
Projeto de lei que visa a denominação de novo CMEI como Professora Iolanda Zene Vila é aprovado em 1ª votação
1 Comentário

Deixe seu comentário

*