Política e Cidadania

Projeto de lei que visa a denominação de novo CMEI como Professora Iolanda Zene Vila é aprovado em 1ª votação

A sede do novo CMEI. (Foto: Arquivo Gazeta Informativa)

A 29º sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de São Mateus do Sul, realizada na segunda-feira (27), contou com a apreciação, discussão e votação do projeto de lei do executivo municipal nº 044/2018.

O projeto propõe a denominação do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), localizado na antiga sede do Colégio Integral, de “Professora Iolanda Zene Vila”. Ela nasceu no dia 7 de fevereiro de 1946, casada com José Romildo Vila, mãe de três filhos, Bianca Zene Vila, Cristiane Vila Kampmann e Fábio Zene Vila.

Iolanda foi professora na rede municipal, e no ano de 1986 deu início a seu trabalho como diretora na Escola Municipal Pedro Effco, onde desenvolveu um serviço de grande relevância, promovendo diversos projetos, deixando transparecer o amor que nutria pelas crianças e pelo seu trabalho. As atividades que realizou ao longo de sua carreira ainda são evidenciadas nos dias de hoje. Dona Iolanda deixou sua marca nos corações de todos que a conheceram.

Também foi discutido e aprovado, em segunda votação, o projeto de lei nº 043/2018, que dispõe sobre a Avaliação Atuarial Anual para o Exercício de 2018 e sobre a forma de equacionamento e amortização de déficit técnico atuarial.

O presente projeto de lei dispõe a respeito da Avaliação Atuarial Anual para o exercício de 2018 e sobre a forma de equacionamento e amortização de déficit técnico atuarial do Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município, e visa atender determinações do Ministério da Previdência, sendo item indispensável para obtenção do Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP).

Os vereadores aprovaram os seguintes requerimentos apresentados pelas vereadoras Fernanda Sardanha e Marta Centa: requerimento nº 053, solicitando que seja oficiado ao escritório regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), respostas quanto ao embarco existente no Loteamento Jardim Dona Hermínia.

Requerimento nº 054, solicitando a explanação do Secretário Municipal de Meio Ambiente sobre o projeto de Hortifrúti. Requerimento nº 055, solicitando a apresentação aos vereadores do projeto “Plantando Educação e Colhendo Agroecologia”, da Casa Familiar Rural de São Mateus do Sul.

A vereadora Marta também encaminhou o requerimento nº 056, solicitando a Prefeitura Municipal que apresente um relatório da área industrial da cidade, especificando quais empresas foram beneficiadas e quantos terrenos ainda existem no espaço para futuros empreendimentos.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Dia 16 de agosto: São-mateuenses protestam contra o governo Dilma
Câmara Municipal aprova projeto de lei que doa terreno à COHAPAR para construção de moradias em São Mateus do Sul
Revisão biométrica da 12ª Zona Eleitoral de São Mateus do Sul começa no mês de julho