Sessão solene de diplomação dos novos vereadores mirins eleitos pela segunda edição do projeto Parlamento Jovem.
(Fotos: Felipe Ribacz/Gazeta Informativa)

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (5), às 10h, no Fórum Eleitoral de São Mateus do Sul, a sessão solene de diplomação dos novos vereadores mirins eleitos pela segunda edição do projeto Parlamento Jovem. Agora, quatro colégios estaduais participaram da ação que busca estimular o envolvimento dos jovens nas diferentes esferas de organização social.

De acordo com a equipe do Cartório Eleitoral, responsável pela organização do Parlamento Jovem, foram eleitos nove alunos dos colégios Elite, Sema, Escola Estadual Anselmo Follador (Cambará do Sul) e Escola Estadual Eugênio de Almeida (Fluviópolis). “Distribuímos o número de vagas proporcionalmente ao número de eleitores de cada escola. Foram utilizadas urnas eletrônicas para apurar os votos”, explicam.

As votações aconteceram dos dias 20 de novembro à 2 de dezembro nas próprias instituições de ensino e elegeram:

Colégio Elite foram eleitos: Ana Laura Rosso, com 67 votos e Samuel Wessolleski, com 49 votos;

Colégio Sema foram eleitos: Amanda Wartchow, com 32 votos e Felipe Bartiko, com 31 votos;

Escola Anselmo Follador foram eleitos: Guilherme Cechinatto, com 26 votos e Luiza Milena, com 23 votos;

Escola Eugênio de Almeida foram eleitos: Cleide Tkaczyk, com 79 votos, Taimara Mikieta, com 37 votos e Diego Sporny, com 35 votos.

O mandato dos novos eleitos será de cinco meses, com início em fevereiro de 2020 e término em junho de 2020. “O projeto incentiva a participação dos organismos escolares de representação estudantil. Além disso, buscamos promover a educação política dos estudantes, estimulando-os ao exercício da cidadania e do voto responsável”, enfatiza a organização.

Na primeira edição do Parlamento Jovem, que durou 1 ano, nove alunos do Colégio Estadual São Mateus estiveram realizando ações em prol a comunidade. Dentre as propostas estão: instituição de seguro-garantia em obras municipais de grande vulto; regulamentação do uso dos estacionamentos públicos pelas concessionárias de automóveis e feirões de carros usados; política de troca de material reciclável por verduras e legumes; e instituição do Projeto Parlamento Jovem, consolidando parceria entre a Câmara Municipal e o Fórum Eleitoral.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Requerimentos importantes são discutidos e votados na sessão ordinária
Evento transmitido pelo canal do TRE-PR abordou a importância da clareza nas comunicações via internet durante o processo eleitoral
Mitos e verdades para o 2º turno das eleições