Educação e Cultura

Projeto Plantando Educação e Pescando Agroecologia, patrocinado pela Petrobras apresenta resultados alcançados em 2018

Os alunos do curso técnico em agroecologia realizaram as aulas práticas da disciplina de agroindústria, ministrada pela professora Lindaura Cangussú Ribeiro Kozlowski. Eles foram acompanhados o tempo todo e sendo avaliados constantemente como o previsto no plano docente e ementa da disciplina. (Fotos: CFR)

Lançado em junho de 2018, o projeto Plantando Educação e Pescando Agroecologia fez a diferença no ano letivo dos jovens estudantes da Casa Familiar Rural (CFR) de São Mateus do Sul. Não foi apenas isso, ele fez parte da vida das famílias e na comunidade em geral, oferecendo qualificação nas mais diversas áreas, possibilitando formação e capacitação direta, abrangendo indiretamente mais de 500 pessoas, através de visitas de estudos, palestras, oficinas e pela II Mostra de Agroecologia.

Sensibilização ambiental nas escolas do campo das comunidades de Estiva, Monjolos e Dois Irmãos.

Foram realizadas 150 horas de formação para os jovens nas áreas de produção orgânica, agroindústria familiar e piscicultura.

Para as famílias e comunidades foram ofertadas capacitações nestas mesmas áreas, com treinamentos para aproximadamente 64 famílias da agricultura familiar e das comunidades do município em uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR).

Outras atividades de destaque do projeto foram as oficinas de educação ambiental e alimentação saudável, que atenderam 85 crianças das escolas do campo das comunidades de Monjolos, Estiva e Dois Irmãos. O foco das oficinas foi sensibilizar pais e estudantes para uma reeducação alimentar, e para o alerta dos perigos apresentados pelos alimentos industrializados em relação a saúde e valorização do uso de frutíferas nativas da região.

Oficina de alimentação saudável com utilização de Produtos Alimentícios Não Convencionais (PANC’s).

O projeto patrocinado pela Petrobras e Governo Federal, possibilitou neste contexto, a partir das demandas surgidas nas famílias, ações para suprir as necessidades de aprimoramento de conhecimentos, tornando a escola um espaço privilegiado para a qualificação e inovação na utilização do potencial de suas propriedades, principalmente os referentes aos recursos disponíveis.

Balanço

Curso em parceria com o SENAR, Produção Artesanal de Alimentos e Transformação Caseira de
Mandioca com a instrutora Joelma Kapp.

Os resultados das ações do projeto neste ano, apontam o desafio para inserir a CFR na atividade da produção orgânica e da piscicultura, tornando-se referência para que as famílias envolvidas no projeto tenham a oportunidade de conhecer a cadeia produtiva e possam fazer parte deste processo, possibilitando através destes conhecimentos, mais uma alternativa de geração de renda para a agricultura familiar.

Para a educadora do projeto, Gisela Bueno Lazzari, a ação marca o início de um conjunto de atividades que colocam a CFR num local de destaque quanto a oferta de uma educação do campo de qualidade, a qual leva em conta os três pilares de sustentação da pedagogia da alternância: a interação entre a escola, a família e a comunidade onde os jovens estão inseridos.

De acordo com a coordenadora do projeto, professora Sinara Adriana Soares, esses primeiros meses de atividades apontam para a necessidade de serem estabelecidas parcerias cada vez mais sólidas com o poder público municipal e demais entidades diretamente relacionadas com a agricultura, e principalmente, propostas de fortalecimento da agricultura familiar no município. Aproveita ainda para agradecer a todas as pessoas envolvidas nas ações do projeto pelo empenho e colaboração durante o ano de 2018 e deseja a todos um 2019 cheio de sucesso e realizações.

O curso “Delícias com Erva-mate”, foi ministrado por Bernardina Filipak Janoski, uma referência em gastronomia em São Mateus do Sul, que atendeu 26 participantes para a elaboração de cerca de 30 receitas, oferecendo um novo olhar para a erva-mate, além do uso no chimarrão.

Redação do jornal Gazeta Informativa

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Simulado de incêndio reforça a importância da prevenção
Semec abre inscrições para assistentes do Programa Mais Alfabetização
Filme sobre benzedeiras é lançado em São João do Triunfo

Os comentários estão fechados