Jornal de São Mateus do Sul (PR) e região

Que tal encontrar o amor pela leitura nas ruas de São Mateus do Sul?

Silvana Bernardi, idealizadora do Amantes da Leitura e do projeto “Livros Misteriosos”. (Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

O grupo Amantes da Leitura de São Mateus do Sul, fundado por Silvana Bernardi, existe há quase três anos, e conta com aproximadamente cinquenta e sete pessoas que compartilham do mesmo amor pela leitura. O foco principal do grupo é a troca de informações, dicas e lançamentos sobre diversos gêneros de obras literárias.

Amantes da Leitura, juntamente com a colaboração de pessoas influentes da cidade planejaram um projeto social que busca instigar toda população são-mateuense para a prática da leitura, mostrando também o quão curioso o ser humano é quando encontra algo novo na sua vida cotidiana.

Colocando em prática o projeto com alguns livros já deixados pelas praças. (Foto: Acervo Pessoal)

O projeto “Livros Misteriosos” baseia-se em deixar espalhado pelas praças da cidade, dez livros de diversos gêneros e estilos, que nove pessoas influentes, conhecidas e de diversas áreas de atuação no trabalho em São Mateus do Sul: Fernanda Sardanha, Adelaide Minervini, Lucas Silveira, Gerson Cesar Souza, Leonigea Gogola, Rosana Vistuba, Vande Albuquerque, Cibele Samways, Argos Fayad e Silvana Bernardi, escolheram para compartilhar de histórias que possuem um grande significado pessoal.

Um dos dez escolhidos, Gerson César Souza tem como expectativa que a pessoa que encontrar o livro dedique um tempo para ler, e conheça um pouco da história do mundo, e que seja fisgado pelo gosto da leitura e da história. “Escolhi um livro que chame atenção para que a pessoa possa ler muito mais”, comenta.

A principal idealizadora do projeto Silvana Bernardi busca um incentivo que transforme a leitura em algo para todos, independentemente de idade e/ou profissão, o pensamento de retrocesso que a leitura é algo chato, precisa amadurecer. “Quero que o pessoal observe que o mundo da leitura não é só para quem é professor ou está na área da educação”, ressalta.

Intensificando o principal foco do projeto, a psicóloga Rosana Vistuba incentiva o quão importante um livro torna-se na convivência pessoal das pessoas. “O livro passa um sentimento alegre, divertido com uma mensagem positiva. Acredito muito na lei da atração, eu acho que de alguma forma a pessoa que for atraída por esse livro é o universo trazendo pra ela uma resposta, acredito poderosamente nisso. Quero que o destino haja e realmente encontre alguém que esteja precisando dessas ideias”, diz.

O poder que a leitura nos oferece proporciona o conhecer visto por diversas formas, jeitos e trejeitos, instiga nossa imaginação, e faz com que possamos descobrir muito mais, então, se você encontrar um livro “perdido” pela cidade, não se acanhe, pegue-o, leia e entre em contato com o número que está marcado nele. A leitura lhe proporcionará um mundo novo!

Cláudia Burdzinski

Cláudia Burdzinski

Repórter que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br
Cláudia Burdzinski
Compartilhe esta reportagem...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this page


Comentários: