Residência na Vila Americana. (Foto: Felipe Ribacz)

Moradores da Vila Americana entraram em contato com a a equipe da Gazeta Informativa preocupados com a situação de algumas casas com mato alto na região. Segundo eles, as residências não possuem moradores há meses e o que preocupa os vizinhos são os animais peçonhentos que podem ser encontrados no local como cobras, aranhas e escorpiões. “Existem crianças e idosos que moram por perto, e queremos evitar o pior”, pedem.

Com os dias quentes, as saídas desses animais dos locais aumentam ainda mais. A época de verão e chuvas é quando os animais peçonhentos aparecem com maior frequência, aumentando o número de ocorrências de picada desses bichos. Esses animais utilizam o veneno para caçar presas e eventualmente, se defender.

Entramos em contato com a equipa da Prefeitura Municipal, responsável pela roçada de lotes públicos, questionando sobre as residências da Vila Americana. Por se localizarem em terrenos particulares, a Prefeitura não pode realizar a roçada e investir dinheiro público em áreas privadas. “Nesses casos estamos fazendo notificação aos proprietários através do setor de fiscalização da Prefeitura”, dizem. Eles esclarecem que nessa época de verão, existem muitos casos como esse em diversos bairros do município.

Como denunciar

Para efetuar a denúncia, é recomendável os moradores entrarem em contato com a Ouvidoria pelo site da Prefeitura Municipal: www.saomateusdosul.pr.gov.br/portal/servicos/414/Fale-com-o-Ouvidor.

Dessa forma, é necessário identificar o endereço completo e algum ponto de referência, seguido de uma foto do local;

Com esses dados, os proprietários do local são identificados;

Os moradores também podem entrar em contato diretamente com a Ouvidoria no atendimento presencial ao cidadão: Rua Barão do Rio Branco, 431, Centro de São Mateus do Sul. Atendimento de segunda à sexta, das 8h às 12h e das 13h15 às 17h15. Contato no telefone: 156.

Cláudia Burdzinski

Cláudia Burdzinski

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br
Cláudia Burdzinski

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Lixo é descartado inadequadamente e preocupa moradores da região de Embuiona
Mateco se torna o mascote oficial do Meio Ambiente em São Mateus do Sul
Empresas que produzem muito lixo terão que garantir destinação correta para obtenção de alvará em São Mateus do Sul

Deixe seu comentário

*