Cilindros de oxigênio como estes são necessários para ampliar estoque. (Foto: Secretaria de Saúde de São Mateus do Sul)

A Secretaria Municipal de Saúde de São Mateus do Sul está fazendo um comunicado para as pessoas que, por algum motivo, utilizam ou utilizaram oxigênio medicinal fornecido pela Prefeitura e no momento estão guardando os cilindros vazios em casa, que façam o retorno destes ao Pronto Atendimento.

Com a pandemia, ocorreu um aumento do uso de oxigênio por conta dos pacientes com Covid-19, que necessitam enquanto estão internados e após retornarem para casa, dando continuidade ao tratamento. Esse oxigênio medicinal é fornecido em cilindros e são justamente esses que a Prefeitura quer ter de volta para que possam ser novamente enchidos para uso de quem necessita.

A secretária de Saúde, Marly Perrelli, afirma que não há perigo de faltar oxigênio, mas que os cilindros são necessários para se manter um estoque preventivo, pois esses cilindros hoje também estão escassos para compra. Aqueles que necessitam de algum tratamento de saúde, como asma e outros respiratórios, continuarão a ter o oxigênio fornecido da mesma maneira que tem sido até o momento. A solicitação é para aquelas pessoas que terminaram seus tratamentos, mas mantiveram os cilindros, pois são vários que a Prefeitura precisa para encher e manter os estoques regulares.

Recentemente, a Petrobras – SIX doou 10 cilindros para a Secretaria de Saúde, para ajudar nessa situação. Quem tiver esses tipos de cilindros e puder doar para o município, será muito bem vindo, basta entrar em contato com o número (42) 3912- 7066, que alguém da equipe da saúde irá buscar. O mesmo telefone serve para quem está com os cilindros em casa, pois ele pode ser apanhado no endereço em que estiver. No interior do município, quem tiver com os cilindros, se não puder se deslocar até o PA, basta comunicar nos postos de saúde ou UBS, que alguém da equipe da saúde irá buscar.

Esse problema acontece em diversas cidades e é uma questão de consciência e de atitude por parte dos usuários, pois há quem esteja guardando com um pouco do oxigênio medicinal para uma eventual necessidade. Muitos necessitam efetivamente e, para que não falte em nenhum caso, são viagens diárias para trazer oxigênio e as cargas poderiam ser maiores, mas a falta dos recipientes tem sido um grande problema.

Em nenhum momento houve falta de oxigênio medicinal em nossa cidade e a ampliação dos estoques é para não ter nenhum risco disso. Com mais cilindros, a segurança com a quantidade do estoque aumenta consideravelmente. Com a colaboração de todos, esse problema será resolvido.

Para devolver os cilindros ou para doar, ligue (42) 3912-7066, ou vá diretamente ao Pronto Atendimento.

Hugo Lopes Júnior
Últimos posts por Hugo Lopes Júnior (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Cidadão cobra providências de banheiro público ‘sem nenhuma possibilidade de uso’ e prefeitura busca solução
São Mateus do Sul no combate ao HIV
Deputado Bacil solicita “estoque” de bolsas de sangue em São Mateus do Sul