Relembre os principais acontecimentos do ano em matérias produzidas pela Gazeta Informativa. (Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

Janeiro

O ano começou positivo para um morador de São João do Triunfo, que foi um dos sortudos do prêmio máximo da Mega da Virada, levando para casa cerca de R$ 18 milhões. O ex-vereador Dr. Eduardo Benedetti Pedroni renunciou ao cargo no dia 8 de janeiro, e Jackson Machado assumiu a sua vaga. Na época, a Prefeitura também firmou parceria com a ONG 4 Patas para o projeto de castração de cachorros de rua.

Fevereiro

Nesse mês o jornal ganhou mais um membro, e o simpático Gazetowski se tornou o mascote oficial da equipe. Uma situação de maus tratos à animais de estimação virou caso de justiça em um hotel para cachorro do município. Em fevereiro também foi lançada para a comunidade o projeto da Rua do Mate, que busca acrescentar à área turística e cultural da cidade. Em relação ao Hospital Dr. Paulo Fortes, médicos plantonistas abdicaram de valores, gerando uma economia de R$ 300 mil aos cofres da entidade. No mesmo período foi divulgado o início do processo de construção da sede do novo Hospital, junto do projeto da obra.

Março

Esse mês ficou marcado pela assinatura do edital de liberação para a pavimentação da PR-364, que liga São Mateus do Sul ao município vizinho de Irati. O governador do Paraná na época, Beto Richa, esteve no município para garantir a obra esperada há mais de 50 anos. Março também foi o ano em que o jornal comemorou 3 anos, e como forma de agradecimento a cidade, disponibilizou à Casa da Memória livros com todos os exemplares da Gazeta Informativa, onde todos os moradores podem ter acesso.

Abril

O município foi alvo para duas importantes operações à nível nacional no mês de abril: a Encilhamento – contra fraudes em previdências municipais que contou com a Polícia Federal coletando materiais na Prefeitura Municipal; e a Operação do Ibama que embargou 10 serrarias na região de São Mateus do Sul por ilegalidades ambientais. Abril também foi o mês de preparação para a construção da nova sede do Hospital, da Rua do Mate e o pontapé inicial para o Plano Diretor da cidade.

Maio

O que para muitos era uma novidade, para outros causou grandes transtornos na questão de perturbação ao sossego: esse foi o mês em que a Carreta Alegria Mega Dance chegou no município. Maio também foi o período de solidariedade, onde a 5ª edição do Dia do Anjo do Colégio São Mateus arrecadou mais de R$ 17 mil, para colaborar com alunos da instituição. Pais e funcionários reivindicaram melhorias no Colégio Integral, que dias depois, fechou as portas no município, causando transtornos aos estudantes que precisaram ser remanejados.

Junho

Após 9 dias de paralisação, a greve nacional dos caminhoneiros foi encerrada no início de junho. Em São Mateus do Sul as proximidades do Posto Triângulo reuniu dezenas de caminhoneiros de diversas cidades do país. Os profissionais reivindicavam melhorias nas estradas e reajustes no preço do Diesel. Mercados zeraram o estoque de alguns produtos alimentícios por conta da paralisação nacional. Em junho também iniciou a aplicação do projeto Taquaral 10, que busca revitalizar o rio que abastece São Mateus do Sul. Nesse mês o Colégio Estadual São Mateus divulgou a abertura do curso técnico em agronegócio para 2019.

Julho

Após 122 anos no comando do Tabelionato, família Schramm se despede com sentimento de dever cumprido, e hoje a nova sede está localizada na Rua Tenente Max Wolff Filho, 355 – Centro, de responsabilidade de Lizoni Aparecida Vidal Gralak. Julho também contou com a visita de um polonês que chegou em São Mateus do Sul de bicicleta buscando encontrar seus antepassados da família Toporowicz, Huk e Grabowski. Também foi um mês de saudade, em que Lídia Truchinski Gralak deixou um legado cultural após seu falecimento.

Agosto

No início do mês, o são-mateuense Ederson Pinheiro Crevelin, Capitão da 3ª Companhia (Cia) da Polícia Militar, deixa São Mateus do Sul para atuar em Guarapuava, e o comando passa a ser de responsabilidade do 2º Tenente, Ivan Filus Netto. Na educação e também no esporte, foi inaugurada no Colégio São Mateus a primeira quadra de pebolim humano, única, até então, nas escolas públicas. A Prefeitura Municipal assinou o contrato de locação da antiga estrutura do Colégio Integral para a novo CMEI e a eleição de 9 vereadores do projeto Parlamento Jovem também fizeram parte do mês de agosto.

Setembro

O mês festivo de aniversário dos 110 anos de São Mateus do Sul contou com muitos presentes ao município e a volta da tradicional gincana e caça ao tesouro, organizada por Marcelo Boldrini e sua equipe – o tesouro demorou cerca de 10h para ser encontrado. A cidade também ganhou uma música especial que homenageou a Terra do Mate. Neste mesmo período, um amistoso com ex-atletas que compunham a Seleção Brasileira de Futsal marcou a reinauguração do Ginásio Olívio Wolff do Amaral (Polacão), que estava passando por reforma.

Outubro

O são-mateuense Emerson Bacil foi eleito deputado estadual com mais de 17,6 mil votos, marcando uma nova realidade para a política regional. As empresas que serão responsáveis pelas obras divulgadas no início do ano também foram divulgadas em outubro, sendo elas: Rua do Mate: Flama; Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes: Endeal Engenharia e Construções; e PR-364: Triunfo S/A. O município também foi a sede da 65ª edição dos Jogos Escolares do Paraná (JEPS) – Bom de Bola, e o Colégio Estadual São Mateus foi vice-campeão na modalidade.

Novembro

Eduardo Pinheiro Ferreira começou a atuar em novembro como novo secretário de indústria e comércio de São Mateus do Sul. Nesse mês a Escolinha de Futsal do Tio Odiles completou 20 anos, promovendo um torneio festivo em comemoração. Algo que trouxe grande mobilização entre os moradores foi a ação voluntária na Vila Pinheirinho, onde moradores pintaram calçadas, meio-fio e faixas de pedestres por conta própria, envolvendo vizinhos do bairro. A nova sede da Prefeitura de Antonio Olinto também foi inaugurada no dia 14. O fim de novembro também contou com a publicação oficial no Diário Oficial do contrato para a tão esperada pavimentação da PR-364.

Dezembro

Como o assunto é o início de obras no fim de 2018, logo no começo do mês a retirada das árvores da praça próximo a Igreja Matriz São Mateus marcou o início da construção da Rua do Mate, dividindo opiniões entre os moradores. No dia 13, a atual governadora do Paraná, Cida Borghetti fez a sua última visita na região, trazendo pontos relevantes sobre essas novas obras. Foi divulgado também no início desse mês o prazo estipulado para a pavimentação da PR-364, onde a empresa responsável tem 720 para finalizar a obra.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Mulheres são-mateuenses organizam a 1ª Feira da Lua Cheia
Campanha #TodosPeloDudu arrecada valor necessário para cirurgia do pequeno são-mateuense
Rotary Club São Mateus do Sul inicia Campanha do Agasalho 2019

Os comentários estão fechados