Cidade

Rio Canoas é destaque em mais uma Oficina do Plano Diretor de São Mateus do Sul

A Oficina do Plano Diretor do dia 26 de junho, foi destinada aos moradores das proximidades do Rio Canoas, que apresentaram preocupação em relação a situação do Rio municipal.  (Foto: Arquivo Gazeta Informativa)

Há algumas edições, a Gazeta Informativa vem apresentando os principais pontos elencados pelos moradores das vilas onde a Oficina do Plano Diretor já foi realizada.

Para toda e qualquer efetivação de um projeto municipal existe um planejamento. Nele são apresentadas as necessidades e como cessar as dificuldades para melhorar o funcionamento do município. Sendo a principal política urbana brasileira, o Plano Diretor possui a maior relevância para a efetivação e melhora dos problemas ligados ao desempenho de uma cidade.

Em 2018, a Prefeitura Municipal está realizando Oficinas ligadas ao Plano Diretor. Nessas ocasiões, os moradores são convidados a conhecer ainda mais sobre o projeto e participar apresentando quais pontos eles acreditam ser essenciais para o desenvolvimento municipal.

Em mais uma reunião do Plano Diretor de São Mateus do Sul, realizada na terça-feira (26), nas dependências do Centro da Juventude Laurival Kwiatkowski Mayer (Ceju), moradores das proximidades do CEPE, Colônia Canoas, Paiol Grande, Petrobras e Vila Prohmann opinaram sobre as melhorias para esses bairros.

Como em outras Oficinas já realizadas, os moradores apresentaram como prioridade a situação do Rio Canoas, demonstrando a preocupação ligada as enchentes e alagamentos dos últimos anos nas proximidades do Rio.

Segundo Guilherme Distéfano Santos, Arquiteto e Urbanista da Prefeitura Municipal, os moradores presentes discutiram também a situação da expansão da área da Petrobras, logo que as vilas destinadas nesse Oficina são próximas da Unidade de Industrialização do Xisto (SIX).

O arquiteto também ressalta que as áreas de invasões (que não são documentadas) também preocupa os moradores, que indagaram sobre essa situação no decorrer da Oficina.

Como em outras oficinas, os munícipes apresentaram a criação de ciclovias, para garantir o tráfego seguro para quem opta por esse meio de transporte. Focando na área central, os moradores reforçaram a questão do Estacionamento Rotativo do Centro (ESTAR) para o cotidiano municipal.

A próxima Oficina do Plano Diretor acontecerá no dia 3 de julho, na Escola da Água Branca, às 18h. As comunidades participantes serão: Água Branca; Espigão; Dois Irmãos; Estiva; Caitá; Monjolos; Papuã; Faxinal dos Ilhéus; e Tijuco Preto.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
27° Batalhão de Polícia Militar implantado em União da Vitória vai beneficiar São Mateus do Sul
Moedas olímpicas são trocadas em São Mateus do Sul
Empresa que realizará obras na PR-364 aluga local para dispor equipamentos