(Fotos: Cláudia Burdzinski e Éber Deina/Gazeta Informativa)

Aconteceu na sexta-feira (11), a solenidade que marcou a inauguração de um importante espaço público são-mateuense, a Rua do Mathe. O evento respeitou as limitações de capacidade de público, adotadas em função da pandemia de Covid-19, uma realidade que infelizmente ainda faz parte do presente de todos nós. Cumprindo o distanciamento social, a cerimônia não teve divulgação massiva, sendo a participação restrita aos representantes das lideranças políticas estaduais e municipais, além das entidades locais.

A contribuição de diferentes setores viabilizou a concepção e a estruturação da Rua do Mathe. A ideia da rua coberta é fruto da colaboração e da sugestão que se originou das entidades de representatividade locais, através de parceria com a Prefeitura Municipal e com o Governo do Estado do Paraná. O local deverá fortalecer o turismo local, além de passar a abrigar em breve a Feira Livre do Produtor são-mateuense.

Investimento e idealização do projeto

De acordo com dados disponibilizados pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, o investimento realizado totalizou R$ 2,1 milhões. João Carlos Ortega, o secretário da referida pasta comentou sobre a importância da Rua do Mathe. “A vocação econômica de cada cidade é um dos critérios para a aprovação de projetos como o da Rua do Mathe em São Mateus do Sul. Levamos em consideração as maiores necessidades das cidades e a importância da obra para a população e também para a economia local”, afirmou ele.

Além da valorização da erva-mate, importante produto local, a Rua do Mathe também possui uma representação em escala do Rio Iguaçu, cujas águas abrigaram o nascimento de nossa civilização.

Um dos aspectos bastante importantes da Rua do Mathe, é o fato de que ela irá abrigar diversas atividades culturais e educativas, além da Feira Livre do Produtor de São Mateus do Sul.

Caciano Souza, um dos idealizadores da Rua do Mathe, comentou sobre a trajetória que culminou com a inauguração nesta última semana. “Este empreendimento é um resultado de um trabalho que começou em 2012, no Conselho do Jovem Empresário, que está inserido dentro da ACIASMS (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de São Mateus do Sul). Desde então, foram várias conquistas alcançadas com relação à erva-mate, até o surgimento deste projeto que foi inspirado em outras cidades turísticas brasileiras”, explicou ele.

Parceria estadual e municipal

O diálogo entre as lideranças políticas envolvidas nos diferentes níveis de atuação foi destacado pelo deputado Hussein Bakri. “Eu gostaria de parabenizar a atuação da Prefeitura Municipal que correu atrás e elaborou um projeto muito bem feito. A colaboração do Governo Estadual também foi fundamental, resultando na construção de uma obra bonita, imponente e que certamente servirá de palco para atividades culturais, entre muitas outras”, afirmou ele.

A Rua do Mathe está localizada próxima a uma das principais entradas do município de São Mateus do Sul, simbolizando uma das principais vocações econômicas de nossa cidade.

A importância do espaço foi realçada pelo prefeito atual de nosso município, Luiz Adyr Gonçalves Pereira. “Este espaço atenderá diversas finalidades muito importantes, servindo como palco para eventos culturais e educacionais, além de ser voltada ao bem-estar de nossos feirantes. O local também é muito importante no que se refere ao turismo em São Mateus do Sul, e vale sempre destacar que foi uma demanda trazida até à Administração Pública municipal por parte dos segmentos organizados de nossa sociedade”, destacou ele.

Características da Rua do Mathe

A Rua do Mathe está localizada em um ponto estratégico, próxima a uma das entradas de nossa cidade, através da BR-476. Não obstante, ainda faz vizinhança com construções dotadas de muita história e beleza cênica, sendo elas a Paróquia São Mateus, a Casa da Memória Padre Bauer e o prédio do antigo Colégio das Irmãs, que atualmente funciona como sede da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Turismo.

Além da cobertura, o espaço conta ainda com um palco, diversos bancos para a acomodação, e uma representação em escala do Rio Iguaçu, localizada na porção central da Rua. A erva-mate e as águas majestosas do rio tornaram possíveis diversos sonhos desde a origem de nosso município, fato que também é celebrado com bastante alegria por parte dos idealizadores deste empreendimento.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Projeto Família Resgate Gaúcho completa 5 anos de atividades em São Mateus do Sul
A originalidade da arquitetura são-mateuense – Parte VI
São-mateuense conquista espaço como motorista de ônibus e busca inspirar mulheres