Cidade

Rua Eduardo Sprada virou assunto nas redes sociais

Rua localizada ao lado do Cemitério Municipal de São Mateus do Sul foi um dos assuntos mais comentados em um grupo de reivindicações nas redes sociais. Quase 400 pessoas reagiram ao caso, trazendo à tona a revolta do investimento dos impostos pagos pela população e o retorno negativo da possível reforma.

O tema principal para a indignação e ironia era a pintura sinuosa na faixa de sinalização da rua, que fez com que os moradores são-mateuenses comentassem sobre o descaso na contratação de um trabalho de qualidade que é de direito de todos os munícipes.

O reparo da pintura foi realizado na manhã de segunda-feira (6), e de acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de São Mateus do Sul, “por meio da Secretaria Municipal de Obras, aproveitamos o momento para se redimir e pedir desculpas para a população pelos transtornos ocorridos nos últimos dias. Entendemos que, quando executamos todos e quaisquer serviços, precisamos buscar sempre a excelência e, se por ventura, isso não aconteça, assumir o erro já é um bom começo e meio caminho andado, rumo as melhorias. Fomos alvos de críticas e ‘memes’ bem-humorados da situação. Recebemos todos eles e enaltecemos a criatividade. Assim que tivemos o conhecimento da situação, procuramos os responsáveis pela execução e pedimos que fosse imediatamente reparado o serviço”.

A prefeitura também frisa que irá intensificar a fiscalização das obras e, considerando a extensa área territorial do município, busca o apoio de toda a população para os apontamentos que auxiliará na prestação de um serviço de qualidade, pensando sempre no bem-estar de todos.

“Agradecemos pela interação nos meios sociais e, que cada vez mais, possamos estar também, conectados e postando, curtindo e compartilhando, tudo aquilo que estamos realizando”, encerram.

CHARGE:

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Manifestantes contra governo Dilma e corrupção se concentram no Chimarródromo
CDL prepara estabelecimentos associados para evitar contágio com a Covid-19
Que 2018 seja tão bom quanto 2017!