Novas luminárias, conforme a gestão municipal, são mais econômicas e oferecem melhor luminosidade com mais segurança para os munícipes. (Fotos: Site/Prefeitura de São João do Triunfo)

A prefeitura requisitou e teve aprovada pelos vereadores de São João do Triunfo a concessão de empréstimo por meio do projeto de Lei nº 40/2019. A chamada ‘operação de crédito com condições e taxas especiais voltada para a modernização, expansão e eficientização energética da rede de iluminação pública’ permitiu a instalação de novo sistema, em todo o quadro urbano.

O setor de comunicação da prefeitura detalhou que São João do Triunfo é um dos primeiros municípios paranaenses com iluminação em diodo emissor de luz (sigla led, em inglês: light-emitting diode) para todo o quadro urbano da cidade. No caso, foi feita a substituição das lâmpadas de vapor de sódio, ou mercúrio por luminárias com a tecnologia mais avançada, eficiente e econômica.

Empréstimo e economia

A prefeitura afirma que o valor das parcelas, que inicia pagamento somente na próxima gestão, fica menor que os custos atuais com iluminação. “Trata-se de um empréstimo realizado pelo município, junto à Caixa Econômica Federal, visando a ampliação da iluminação pública, modernização e eficientização energética através da instalação de luminárias com a tecnologia em LED”, explica a comunicação.

O setor destaca, que a nova estrutura desfruta de melhor qualidade e maior vida útil, com redução no custo de operação. “As lâmpadas produzem maior luminosidade, possuem maior vida útil e ainda consomem até 70% menos do que outros tipos”, informa a assessoria de comunicação da prefeitura. O pagamento do empréstimo concedido para a instalação será em 72 meses, com carência de 12 meses.

“O valor que será pago é menor do que o município subsidia hoje, o que corresponde a aproximadamente 1/3 de todo o custo com a iluminação, soma-se a isto o fato de que durante a garantia das luminárias (5 anos), o município não precisará realizar a manutenção/substituição de luminárias que apresentarem defeitos, pois este será realizado pela empresa que executou o serviço”, aponta a administração.

Isso significa que as parcelas do empréstimo iniciam somente no ano de 2021, ou seja, na nova gestão municipal. Isso porque, a concessão da linha de crédito tem carência de um ano. Depois deste período de 12 meses iniciam os pagamentos mensais, com valores ainda a serem definidos, e que seguem por seis anos. A extensão desta operação prevê a quitação para o final do 1º semestre de 2027.

“Os valores das parcelas serão definidas após o período de carência conforme regramentos tributários definidos em contrato, até porque o município não fará uso de todo o valor disponibilizado, ou seja, a administração conseguiu ampliar os pontos de iluminação, bem como realizar a substituição das luminárias em todo o quadro urbano, utilizando-se de um valor menor que o disponibilizado”, indica a assessoria.

Obra e contrato

O contrato entre a prefeitura e a empresa Granemann & Iasiak Ltda, do município de Palmeira, sob nº 33/2020, aponta a contratação de 641 pontos de iluminação pública, “incluindo o fornecimento de mão de obra técnica, inclusive mecanizada, materiais homologados junto aos órgãos competentes e todos os trâmites necessários junto à concessionária local para a execução e dos serviços.”

São luminária com potência máxima 80w (428 lâmpadas), 140w (204 lâmpadas) e 190w (9 lâmpadas), com garantia de cinco anos contra defeitos de fabricação, além de suporte técnico. Além da mão-de-obra para remoção das estruturas antigas e instalação das novas, para isso fazendo uso de equipamentos e estrutura necessária. O preço total do contrato é de R$ 678.995,46. Aditivado em seguida.

Além das 641 lâmpadas do contrato, outras 118 luminárias, sendo 72 com potência máxima 80w e outras 46 de 140w – somada do serviço de mão-de-obra para remoção das estruturas antigas e instalação das novas – passam a ser instalada, conforme o aditivo do contrato. Para tanto, a prefeitura investe o valor de R$ 125.962,07. Chegando ao valor final de R$ 804.957,53.

Valores e continuidade

De acordo com a prefeitura, São João do Triunfo gastou no ano passado, aproximadamente R$ 212.000,00 com iluminação pública. Quase 20% deste montante, R$ 42.000,00, foi usado somente na manutenção da antiga. Conforme a assessoria, reduz custos e fica seguro, “estamos falando em melhoria da luminosidade à qual traz maior segurança para as vias, tanto para veículos, quanto para pedestres/moradores.”

“Além disto, ressaltamos que se trata de uma tendência mundial, na qual os governantes tendem a buscar tecnologias que visam melhorar a qualidade de vida das pessoas com o menor impacto possível ao meio ambiente”, destaca a nota da prefeitura. A linha de crédito, chamada Caixa Ilumina, oferece taxas de juros de 4,5% ao ano, mais CDI, e 72 meses para pagar, com 12 de carência.

Sidnei Muran

Sidnei Muran

Jornalista (MTB 7597 DRT/PR), formado pelo Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), pós-graduado em História e Cultura pela Unespar – campus de União da Vitória e Licenciado em História pela Unespar – campus de União da Vitória.
Sidnei Muran

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Primeiro caso suspeito de coronavírus é registrado em Irati
A experiência de quem tem uma cachoeira no quintal de casa
De acordo com testemunha, o avião que matou o deputado estava com falha no motor