Da esquerda para direita: Alersom Myszak, Thobias Ribeiro Lima, Luis Edenilson Kreutsfelt, Alisson Pires e Fabiano Oliveira – professor de Sanda da cidade de Palmeira – Paraná. (Fotos: Divulgação)

Com o preparo de apenas duas semanas, os são-mateuenses Alisson Pires, Luis Edenilson Kreutsfelt e Thobias Ribeiro Lima – lutadores de Muay Thai do Team Myszak – estiveram participando do 3º Campeonato Internacional – WU SHU 2019, na cidade de Leste no Paraguai, com destaque participativo no campeonato. De acordo com o treinador Alersom Myszak, o campeonato reuniu brasileiros, paraguaios e argentinos.

O evento durou dois dias, porém a equipe lutou apenas no dia 21 de setembro. “Neste dia houveram 30 lutas. As nossas foram as principais do evento, no caso, as últimas”, informa. O treinador diz que pelo curto espaço de preparo os lutadores desempenharam um ótimo papel durante as lutas. “Estou muito feliz de poder levá-los pela primeira vez em um evento internacional para lutar e conquistar essa experiência, espero que seja a primeira de muitas”, diz Alersom. Ele destaca que a equipe já recebeu convites para outros campeonatos internacionais porém necessitam de apoio na área esportiva para levar o nome de São Mateus do Sul para mais eventos desse porte.

Conquistas

Alisson (64 kg) venceu por nocaute (queda) o lutador Bade (67 kg) no primeiro round, se consagrando campeão internacional de Sanda e trouxe para casa o cinturão da modalidade. “Acredito que eu fui um dos únicos a trazer uma vitória desse porte para São Mateus do Sul à nível internacional. Ainda nem cheguei a pensar direito sobre isso, mas o que importa foi a experiência, as amizades e o trabalho em equipe que tivemos. O título é um detalhe e quero ter mais experiência como essa”, destaca.

Edenilson (74 kg) também venceu por nocaute (chute na cabeça) no primeiro round. Ele enfrentava Alfredo Leon (75 kg), e trouxe para São Mateus do Sul o título de Campeão Internacional de Kickboxing. Thobias (68 kg), enfrentou Luiz Godoy (72 kg), e infelizmente não conseguiu a vitória.

A equipe também foi acompanhada de Fabiano Oliveira, professor de Sanda da cidade de Palmeira, que venceu por W.O. Ele lutaria com um competidor da cidade de Argélia, que não pôde estar presentes no evento.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Equipe do Palmeiras do Rio das Pedras realiza feijoada neste sábado (17)
A paralisação das atividades esportivas no município
Um breve apanhado histórico do futebol são-mateuense