Educação e Cultura

São Mateus do Sul discute Plano Municipal de Educação em audiência pública

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura realizou na última sexta-feira, 29, uma última consulta pública para elaboração do Plano Municipal de Educação, o PME, em São Mateus do Sul. Quase 150 pessoas participaram da cerimônia e da discussão, entre professores, representantes sindicais e lideranças políticas do Município, que puderam contribuir para a elaboração do plano, que determina as estratégias do governo municipal para a educação pública do Município para os próximos 10 anos.

A audiência encerrou um período de quase dois anos de discussões públicas sobre o Plano Municipal de Educação em São Mateus. Em sua fala, a Secretária Municipal de Educação e Cultura, Dinéa Cristina Wiltenburg, destacou o processo democrático de construção do PME no Município. “São Mateus do Sul dá um salto de qualidade educativa ao elaborar de forma democrática e participativa o PME para os próximos 10 anos”.

Quase 30 pessoas, incluindo uma equipe técnica formada por profissionais da Secretaria de Educação, estiveram envolvidas com a preparação e organização do PME em São Mateus do Sul desde 2013. Com o PME definido, agora o projeto segue para votação na Câmara Municipal.

Em sua fala, o ex-deputado federal Ângelo Vanhoni, relator do Plano Nacional de Educação (PNE) na Câmara dos Deputados, destacou que o PNE se tornou um dos projetos de maior volume de participação popular no Brasil, com a realização de mais de 60 audiências públicas realizadas em todo o território nacional. Vanhoni destacou as metas do Plano e ressaltou a importância da participação dos Municípios na consolidação do projeto.

Ainda durante a abertura da audiência, um grupo de professoras e professores da rede estadual realizou um ato simbólico lembrando os 30 dias do chamado “massacre de 29 de abril”, quando centenas de servidores foram feridos no Centro Cívico, em Curitiba, durante protestos contra as reformas da Paranaprevidência. Em suas falas, o prefeito Clovis Ledur e o vice, Clóvis Distéfano, solidarizaram-se com a luta dos professores da rede estadual, lembrando a situação complexa pela qual passa a educação pública no Paraná. “É muito importante o trabalho que vocês vêm desenvolvendo de conscientização da população. Vocês não estão reivindicando apenas a questão salarial, mas também a melhoria na qualidade no ensino e nosso estado”, disse Distéfano.

Fonte: Assessoria PMSMS

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Professor de geografia são-mateuense irá até Brasília através do Programa Missão Pedagógica no Parlamento
Apresentação do Grupo Karolinka emociona cidade polonesa
Curso Técnico em Agronegócios é novidade no Colégio Estadual São Mateus