Cidade

São Mateus do Sul é contemplado no programa Cidades Digitais

O município está entre as nove cidades paranaenses que serão beneficiadas com o programa do Ministério das Comunicações que trará internet banda larga aos órgãos públicos municipais e pontos de Wi-Fi gratuito. (Foto: Alexandre Müller/Gazeta Informativa)

A tecnologia já está incorporada na vida do cidadão, fazendo com que ele cada vez mais torne-se exigente quanto aos serviços e processos oferecidos pelo setor público. Não apenas tecnologia em si, mas sim a qualidade de vida que ela proporciona. Diante deste cenário, o investimento em tecnologia de informação e comunicação não é mais um privilégio para poucos municípios, mas sim uma demanda da população.

Os cidadãos querem cada vez mais rapidez nos serviços, comodidade nas solicitações, ter suas queixas respondidas prontamente, além de tantas outras melhorias que a tecnologia pode realizar no setor público, e cada vez mais o cidadão tem cobrado seus representantes para terem uma cidade digital, assim como melhorias na educação, saúde, mobilidade urbana e segurança pública.

O termo “Cidade Digital” engloba diversas iniciativas que podem ser definidas como a utilização de maneira eficiente das tecnologias de informação e comunicação no setor público, de forma a proporcionar melhorias tangíveis tanto internamente quanto externamente para os munícipes.

O objetivo do programa é modernizar a gestão, ampliando o acesso aos serviços públicos e promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros por meio da tecnologia. Para isso, atua nas seguintes frentes: construção de redes de fibra óptica que interligam os órgãos públicos locais; disponibilização de aplicativos de governo eletrônico para as prefeituras; capacitação de servidores municipais para uso e gestão da rede e oferta de pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, como praças, parques e rodoviárias.

Nove municípios paranaenses foram contemplados com o programa do Ministério das Comunicações que leva internet banda larga gratuita à população. O investimento corresponde mais de R$ 10 milhões e foi anunciado na quinta-feira (31/08), em Brasília, pelo deputado federal Sandro Alex (PSD), juntamente com o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab (PSB). Nesta primeira etapa do programa para a região, receberão o benefício: Ibaiti, Imbituva, Jacarezinho, Jaguariaíva, Pinhão, Piraí do Sul, Reserva, Santo Antônio da Platina e São Mateus do Sul.

Serão cerca de 160 quilômetros de rede de fibra ótica, com um total de 247 pontos de internet gratuita para os municípios contemplados. Cada um deles terá três praças públicas com sinal de internet aberto para a comunidade. A rede tem capacidade de até 2,5 gigabits por segundo, que vai atender escolas, hospitais, unidades de saúde, prédios públicos, além das praças. A tecnologia poderá ser aproveitada ainda para sistemas de câmeras de segurança, programas de gestão pública e aplicativos para smartphones dos municípios. As prefeituras não terão custo para instalação dos equipamentos.

Em São Mateus do Sul

De acordo com o assessor de planejamento da prefeitura municipal, Andrey Chaves Wactavski, São Mateus do Sul foi beneficiado com o valor de R$ 1.568.337,67 no programa a partir do primeiro semestre de 2018 e a implantação acontecerá em 23 pontos da cidade (prédios públicos), dentre: escolas municipais, Centros de Educação Infantil (CMEIS), unidades de saúde, ginásios municipais, cemitérios na área urbana, pátio de máquinas e demais prédios públicos, além de três pontos de Wi-Fi gratuitos, “vamos tentar verificar se há a possibilidade de alteração de alguns pontos, pois o projeto é de 2014 e está defasado, havendo endereços que não são mais de prédios da prefeitura”, complementa Andrey.

CHARGE:

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Pavimentação da PR-364 não será suspensa
Decreto encontra ‘caminho’ que não impede o funcionamento do comércio
Espetáculo de cantos gregorianos foi destaque nas sacadas do Hotel Dom Leopoldo