Cidade

São Mateus do Sul é ineficiente na gestão de recursos, aponta estudo

Fonte: Folha de S. Paulo

Fonte: Folha de S. Paulo

Ferramenta inédita lançada pela Folha em conjunto com o Datafolha neste ano eleitoral mostra quais prefeituras entregam mais serviços básicos à população usando menor volume de recursos financeiros.

O Ranking de Eficiência dos Municípios – Folha leva em conta indicadores de saúde, educação e saneamento para calcular a eficiência da gestão e apresenta dados de 5.281 municípios, ou 95% do total de 5.569.

Numa escala de 0 a 1, só 24% das cidades ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser consideradas eficientes. São Mateus do Sul ocupa a posição número 4.686 e obteve 0,345, o que qualifica o município como ineficiente na avaliação. Pesquisa nacional do Datafolha mostra que só 26% dos brasileiros aprovam a gestão de suas prefeituras.

No topo do ranking está Cachoeira da Prata (MG), com 3.727 habitantes e heranças deixadas pelo passado industrial forte. Na rabeira estão cidades do Norte, Centro-Oeste e o Rio Grande do Sul.

O levantamento revela que nos 5% menos eficientes, com índice de até 0,30, o funcionalismo cresceu 67% entre 2004 e 2014, em média. A população aumentou 12% no período.

Em crise, os municípios espelham também alguns dos principais desafios do país, como o crescimento do gasto público, a dependência de verbas federais, a perda da dinâmica da indústria e a ascensão do agronegócio.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
IG-Mathe é homenageada na Assembleia Legislativa do Paraná
Dia do Trabalhador será marcado por torneio de futebol em São Mateus do Sul
Compagás promove audiência pública sobre instalação do gasoduto em São Mateus do Sul