Geral

São Mateus do Sul é prestigiada por veículos antigos de toda região

Fotos: Gazeta Informativa

Fotos: Gazeta Informativa

Dia 23, São Mateus do Sul recebeu a presença de algumas relíquias do trânsito, na rua Barão do Rio Branco, em frente à Prefeitura Municipal. A cidade foi palco do 2º Encontro de Veículos Antigos e Especiais. Esse evento foi ministrado e organizado pelo Clube Amigo do Carro Antigo, o grupo possui mais de 50 participantes. Na coordenação dos eventos e reuniões, apenas 15 membros se reúnem semanalmente com a presença do Presidente do Clube Cleomar Bettanin.

Foram inscritos 173 veículos, mas nas ruas laterais outros carros antigos estavam presentes, e esse número ultrapassou 180 relíquias. Bettanin comenta que esse evento superou suas expectativas. “Não esperávamos que o povo de São Mateus prestigiasse em grande público, foi muito bacana”. O tempo colaborou para a exposição dos veículos que ocuparam três ruas da cidade.

A jovem Francieli Franco do Prado é secretária do clube, e é apaixonada por carros antigos. Seu pai Haroldo do Prado comenta que a paixão de sua filha não poderia ser outra. “O primeiro carro que ela andou foi um fusquinha, ao escutar o barulho do motor ela já se espantou com o ronco” explica animado. Francieli é casada com Julio Cesar Toporovicz de Lima, e os dois estão restaurando mais um carro, esse em especial, um fusca que ganharam do avô de Toporovicz. Ela fala que um dos maiores medos do grupo para a realização do evento era a questão do tempo, mas isso não prejudicou. “Nós vamos até os outros encontros nas cidades vizinhas, a maioria dos clubes que estavam presentes, foram justamente as pessoas que conhecemos indo nos eventos já realizados” aponta. O clube inaugurado dia 12/05/2012 é aberto para todos amantes de carros antigos.

No envento, foram arrecadados 161,5 kg de alimentos não perecíveis que serão doados para uma entidade ainda não definida pelo grupo. Além do público são-mateuense o evento recebeu pessoas das cidades de Curitiba, Papanduva, Ponta Grossa, Rio Azul, Canoinhas, Lapa, Campo Magro, União da Vitória, Porto União e São João do Triunfo. Cleomar Bettanin participou de seu primeiro encontro em 2004 na cidade de Joinville – Sc. “Quando você tem um veículo antigo dentro da cidade e uma roda de amizades é bacana, mas quando tu fazes uma caravana com mais pessoas e viaja com ele, abre a janela, sente o vento na cara, escuta uma música, e admira a paisagem, isso é muito gratificante”. Bettanin finaliza falando que todo evento é trocado informações sobre peças dos veículos e restauração, isso aumenta o conhecimento e experiências com outras pessoas.

Durante as exposições, estavam presentes várias barracas de miniaturas de veículos, peças automotivas, quadros e camisetas. O sucesso foi reconhecido em todas cidades vizinhas e até mesmo na capital paranaense. Outro organizador e membro da equipe é o jovem Clayton Cegan Cauca, sua paixão sempre foi carro antigo. Cauca fala que esse evento foi um espetáculo e ficou muito feliz em ver um Simca Chambord (carro derivado do modelo francês Vedette, mas que apresenta diversas modificações, estilísticas e mecânicas. Suas linhas lembram o estilo americano), que estava parado há anos, e na sua opinião era um dos mais belos carros.

Como o evento foi de grande relevância, a equipe do Clube Amigo do Carro Antigo, estuda para fazer anualmente os encontros, o que tranquiliza os amantes dessas relíquias feitas e restauradas com muito amor.

Redação

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Entenda como funcionam os anticoncepcionais de microagulhas
Governo decreta situação de emergência hídrica por causa da estiagem
Com múltiplas personalidades, mulher cega volta a ver