(Imagem Ilustrativa)

As informações divulgadas pela secretaria municipal de Saúde de São Mateus do Sul apontam 680 casos confirmados de Covid-19 até esta quinta-feira (12/11). Nas últimas semanas teve um crescimento exponencial em algumas cidades da região. Irati mais que dobrou o número em cinco semanas e adotou medidas de contenção e apoio por parte da prefeitura.

Nesta quinta-feira, se somaram mais 13 casos de Covid-19 em São Mateus do Sul, confirmados no boletim contabilizado pelo município. Há uma semana eram 622 casos, em 29/10 foram registrados 553 infectados. Sete dias antes 503. De 8 de outubro para o dia 15, o número de confirmações saltou de 376 para 432, num mês que São Mateus do Sul início com 348 testagens positivas para o novo vírus.

Nas semanas anteriores a ampliação de casos ficou acima de 10% de uma semana para outra. O fator Três Barras, que emprega inúmeros trabalhadores são-mateuenses, pode ser um dos vetores desta expansão nos números em São Mateus do Sul. A existência de vários infectados no município catarinense é apontado supostamente como causa recente do aumento de contaminação em Canoinhas.

Números na região

O município possui, conforme o dado desta quinta-feira, 53 casos ativos do vírus. Destes, dois homens, de 48 e 49 anos, internados um no Hospital e Maternidade Doutor Paulo Fortes e o outro no Hospital Cruz Vermelha, em Curitiba. Mais dois pacientes, também internados em São Mateus do Sul, de 70 e 80 anos, estão sendo monitorados com suspeita de Covid-19 e aguardam resultados.

Em União da Vitória são 351 casos com nove ativos, subindo 16 em relação à semana anterior. Em 29 de outubro o município informava 328 infectados, o que mostra uma expansão menor. Ao passo que há o registro de seis óbitos. Isso deixa a cidade num cenário bem diferente tanto do Planalto Norte catarinense quanto do Sul do Paraná: São Mateus do Sul e Irati, neste comparativo.

Por sua vez, a secretaria de Saúde de Canoinhas confirmou um novo caso para Covid-19 nesta quinta-feira. Homem de 51 anos e sintomático. Mantendo cinco internados, dois sendo de Canoinhas. Outros 13 pacientes foram liberados para o convívio social seguro, totalizando 36 casos ativos em isolamento. Ao todo são 855 cidadãos infectados com o Coronavírus. No dia 29/10 eram 767 e em 15/10, 676.

Irati registra 867 casos

Em Irati eram 787 casos confirmados e a Santa Casa com 100% dos leitos para Covid-19 ocupados, nesta quarta-feira (10/11). Saltando na manhã do dia seguinte para 867 casos. 80 novos infectados anunciados no período matutino com indicação de novo boletim à tarde. Conforme a 4ª Regional de Saúde, atribuídos às participações, em especial de jovens, em festas e eventos.

Deixando de lado cuidados básicos, como uso de máscara, compartilhando copos, objetos e narguilé são apontados como fatores que levam ao alto índice de circulação do vírus. Segundo o informe da prefeitura, 334 pessoas estão em isolamento domiciliar e quatro internadas (três em enfermaria e uma em UTI). Outras 193 aguardam resultados de exames laboratoriais para detecção da Covid-19.

No caso, o município em 5 de novembro registrava 551 infectados, 29/10 eram 437 e 07/10, 380. Em todo o período de pandemia Irati teve 13 óbitos informados para a doença. O fato de contabilizar 867, nesta quinta-feira, soa alerta sobre toda a região, isso porque trata-se de uma cidade polo regional e de grande circulação de pessoas. Isso leva às medidas restritivas e ações que visem a contenção do avanço.

Por exemplo, a secretaria de Saúde pede para a população só procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBS) em caso de urgência ou absoluta necessidade, devido ao crescimento de casos de Covid-19. Foi feito remanejamento de funcionários para unidade sentinela que pode atender até 230 pessoas ao mesmo tempo, além de realizar 100 teste por dia e novo decreto vedar eventos em geral, exceção aos religiosos.

Sidnei Muran

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Audiência Pública marca o início do processo de construção do tão esperado novo hospital
Coleta de Sangue ‘extra’ será realizada no sábado dia 27 de fevereiro, em União da Vitória
Vacinação contra febre amarela será realizada neste sábado (16)