Motociclistas que participaram da 8ª edição do projeto “Abraçando o Paraná”. O Moto Clube Bodes do Asfalto conta com mais de 9 mil membros no Brasil. (Fotos: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

O óculos aviador e os coletes já diziam que era dia de encontro de motociclistas. No sábado (8), São Mateus do Sul foi a primeira cidade a receber a bandeira da 8ª edição do projeto “Abraçando o Paraná”, realizado pelo Moto Clube Bodes do Asfalto, maior grupo de motociclistas do país.

A ação teve como ponto de encontro o Posto Triângulo, onde mais de 50 motociclistas saíram pelo centro de São Mateus do Sul mostrando a irmandade presente no Moto Clube. O grupo seguiu para a Praça do Rio Iguaçu, onde em frente ao Vapor Pery, realizaram a cerimônia de entrega da bandeira do projeto. “É um prazer para nós estarmos novamente em São Mateus do Sul. Nós passamos por cidades em que já deixamos pré-agendadas as visitas e aqui sempre fomos muito bem recebidos”, destaca Luiz Maçaneiro, um dos responsáveis pelo grupo no Paraná.

Maçaneiro explica que hoje mais de 9 mil integrantes participam do Moto Clube em todo o país, sendo que só no Paraná, o número passa de mil. Wilmar Comnisky participa do Bodes do Asfalto em São Mateus do Sul, e conta que o grupo no município conta com 20 integrantes. “O Moto Clube está desde 2007 aqui no município, fundado por mim, Cleverson Basseto e Carlos Gilberto Pessoa Silva”, conta. Comnisky explica que o coordenador, coordenador adjunto e secretário são escolhidos pelos integrantes entre abril e maio de cada ano.

O encontro contou com a presença de motociclistas de todas as idades, dentre pais junto de seus filhos e casais viajantes. “A união dentro da irmandade é algo que nos motiva a continuar promovendo mais eventos como esse”, destacam os motociclistas.

A irmandade

O Moto Clube Bodes do Asfalto foi idealizado por Edson Fernando Sobrinho, em 1º de agosto de 2003 e tem a sua sede nacional na cidade Feira de Santana – Bahia, com representações em diversas cidades do Brasil e no exterior.

A ideia do moto clube surgiu de conversas entre Maçons integrantes da lista de discussão Atalaia, sendo inicialmente planejado para apoiar os Maçons motociclistas, os quais quando em viagem, viessem a necessitar de algum tipo de ajuda, poderiam contar com o apoio um dos outros.

É importante ressaltar que o Bodes do Asfalto não é: uma extensão da Loja Maçônica; não segue a hierarquia da Maçonaria; não segue o rigor de uma Loja; e não é um local de discussão de Maçonaria.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Coletivo de Mulheres entrega carta ao Hospital
Governo federal vai promover evento sobre o mercado da erva-mate em São Mateus do Sul
Retrospectiva 2018 de São Mateus do Sul