Cidade

São Mateus do Sul recebe recursos para o recapeamento de vias urbanas

60 ruas de trechos urbanos serão beneficiadas em toda a cidade com investimento de R$ 2,3 milhões. (Foto: Divulgação)

Na terça-feira (26/06), o Prefeito Municipal Luiz Adyr Gonçalves Pereira, participou de solenidade no Palácio do Iguaçu, sede do Governo Estadual, que garantiu o investimento de R$ 20,2 milhões à vários municípios do Paraná através do Programa Estadual de Recuperação e Conservação de Estradas.

São Mateus do Sul também foi um dos beneficiados e o Prefeito assinou o convênio junto a Secretaria de Infraestrutura e Logística, no valor de R$ 2,3 milhões para o recapeamento asfáltico de 60 ruas do trecho urbano são-mateuense.

O prefeito Luiz Adyr, comentou que a Secretaria Municipal de Obras realizou uma análise da situação de todas as ruas do município através de uma vistoria da equipe que elencou as prioridades, seguindo o critério da conservação de cada uma. Logo após, foi criada uma planilha que seguiu no projeto entregue a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística, hoje comandada pelo secretário Abelardo Lupion.

“Assinamos o convênio junto ao Governo do Estado que já concluiu o processo de licitação e tão logo seja possível, a empresa ganhadora iniciará as obras em São Mateus do Sul”, enalteceu o Prefeito.

Como todo processo licitatório é demandado de vários aspectos burocráticos, Luiz salientou a importância dele ser iniciado antes do período eleitoral. “Esperamos assinar o contrato com a empresa ganhadora para que nos próximos dias já aconteça a medição do objeto da licitação para que possa haver a continuidade durante o processo eleitoral que iniciará em breve. Caso não aconteça esse procedimento de medição dentro do prazo estipulado, a obra só poderá ser iniciada após as eleições.”

De acordo com o Prefeito, os recursos não são à fundo perdido, pois toda obra que possui convênio de contrapartida do município não é proveniente de recursos à fundo perdido. Isso só ocorre quando a verba é destinada em sua totalidade à cidade, sem a necessidade da contrapartida financeira de 5% do valor total do repasse para o desenvolvimento da obra.

Essa é uma verba exclusiva para recape asfáltico, ou seja, para aquelas ruas que já possuem asfalto e estão malconservadas, além daquelas que possuam pedras irregulares ou paralelepípedos, onde a massa asfáltica pode ser colocada em cima. O recape não pode ser realizado em ruas que possuam bloquetes, pois não há estabilidade, explica o gestor.

Segundo o Prefeito, as ruas já estão definidas, contando com trechos na Vila Nepomuceno, Vila Amaral, Vila Prohmann e demais bairros da cidade. Existem outros três projetos de recape asfáltico, provenientes de 3 Deputados Federais. “E assim que as obras se concluírem, com todos esses recursos, nossa cidade terá um grande diferencial na qualidade do nosso pavimento.”

O gestor garante que as obras de melhorias de pavimentação não trarão nenhum ônus aos munícipes. “Trata-se da manutenção de ruas que já foram trabalhadas pela Prefeitura. A manutenção é uma obrigação do poder público.”

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
3º Arraiá da Feira Livre do Produtor será neste domingo (28)
Mais de 500 pessoas participam do jantar dos torcedores do Clube Athletico Paranaense
Exame de corpo de delito é pauta em segundo encontro de grupo de mulheres