Esporte

Sãomateuense é destaque no 17º Rodeio Nacional dos Campeões

(Foto: Divulgação)

Com apenas 12 anos de idade, Pompilio Andrade Ramos Neto conquistou no 17º Rodeio Nacional dos Campeões, dois títulos considerados muito importantes, o Braço de Ouro e o Braço de Diamante. “A vitória de Pompilio no Braço de Diamante é algo inédito e muito interessante, pois nós realizamos o Rodeio Nacional dos Campeões de dois em dois anos, são 17 edições realizadas e nunca antes na história dos brasileiros um garoto dessa idade conquistou este título, que muitos adultos gostariam de ganhar. O nome Pompilio Andrade Ramos Neto vai ficar marcado na história do Tradicionalismo Gaúcho como o primeiro garoto a ganhar o Braço de Diamante”, é o que relata ao Jornal Gazeta Informativa, Romencito José Aléssio, Diretor Campeiro do Movimento Tradicionalista Gaúcho do Estado de Santa Catarina (MTG/SC).

Evento

O evento tradicionalista foi realizado em Piratuba (SC), durante os dias 5, 6, 7 e 8 deste mês de fevereiro e reuniu diversos participantes de vários estados do Brasil, como Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Santa Catarina e Paraná.

De acordo com Romencito, na parte campeira, o evento contou com mais de mil competidores e com um público superior a 10.000 (dez mil) pessoas. Na artística participaram mais de 2.000 (dois mil) competidores, bem como nos jogos tradicionalistas aproximadamente 500 pessoas competindo. “Piratuba entrou para a história do Rodeio Nacional de Campeões”, ressalta.

Conforme Romencito, antes de Pompilio poder participar do 17º Rodeio Nacional dos Campeões, ele se classificou entre muitos garotos no Rodeio Estadual de Santa Catarina para conquistar a vaga na Seleção de Santa Catarina, em seguida ele participou do Rodeio Brasileiro na modalidade Laço Piá, onde arremessou 10 tiros de laço, acertando as 10 armadas, aí conquistou o direito de disputar o Individual do Laço Piá, na qual foi Campeão sem errar nenhuma armada, com isso conquistou o direito de disputar o Braço de Ouro do Rodeio que são todos os campeões do Rodeio de Piratuba, nas várias categorias.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Após dezenas de armadas, Pompilio sagrou-se o Braço de Ouro. Com este título conquistou o direito de disputar o Laço Diamante, que se trata em disputar a prova com todos os Braço de Ouro das edições anteriores, após dezenas de armadas e disputando este título com os Laçadores mais renomados e premiados do mundo do Rodeio Gaúcho, entre eles, Neri Filipe de Correia Pinto, de Santa Catarina, que foi o Primeiro Laço Diamante do Brasil, e homenageado em sua cidade com um busto como Campeão do Brasil, outro trata-se de Rodrigo Moretto, último campeão do Rodeio Nacional de Jataí- Goiás. Rodrigo é um peão laçador dos mais consagrados na atualidade, ou seja, tudo que tipo de títulos em Rodeio que você possa imaginar, Rodrigo conquistou.

Mas para Pompilio tudo isto eram muitas dificuldades a serem enfrentadas, e enfrentou com muita maturidade e experiência de quem sabia o que precisava fazer para chegar a esta conquista, após dezenas de armadas, após horas em disputa, somente com o apoio da torcida catarinense, com apoio de seus pais e as irmãs, Pompilio participa do Rodeio Nacional e entra para a história como o primeiro garoto de sua idade a ganhar o Laço de Diamante.

(Foto: Divulgação)

Pequeno Príncipe do Laço

O Pequeno Príncipe do Laço, como é conhecido por muitos, é sãomateuense, reside na cidade de São Mateus do Sul, e é filho de uma família que fazem parte de uma equipe de laçadores de Canoinhas (SC). Seus pais, Juliana Marques Franco e Edilson Ramos e seus três irmãos sentem muito orgulho de Pompilio. “Nós ficamos muito felizes pelas conquistas dele. Ele é merecedor dos títulos, pois tem talento, ama o que faz, é muito dedicado, esforçado e treina bastante”, diz Juliana.

Pompilio treina em casa com a ajuda dos pais, em uma vaca motorizada e além de conquistar o Braço de Ouro e o Braço de Diamante, foi campeão do Rodeio Internacional de Vacaria, em 2010, e em outras competições pelo Brasil a fora. As competições de Pompilio já renderam muitos prêmios, como quatro  carros, dinheiro e muito mais. “Eu agradeço toda minha família pelo incentivo e ajuda. Eu amo o que faço e sonho chegar ainda mais longe”, finaliza Pompilio.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Viola, craque do tetra, participa de jogo amistoso em Antonio Olinto
Confira a listagem dos times participantes do Campeonato Municipal de Futsal
Samas Fit incentiva o hábito saudável da comunidade são-mateuense