Política e Cidadania

Sãomateuenses vão às ruas pedir impeachment da presidente Dilma Rousseff

Fotos: Thaís Siqueira

A onda de protestos que aconteceu no último domingo, 15, em várias cidades do país também chegou a São Mateus do Sul. O ato teve início em frente à Igreja Matriz, percorrendo um caminho predeterminado, e terminou no mesmo local, onde se reuniram crianças, jovens, adultos e idosos, que com o mesmo objetivo comum, se determinaram a sair de suas casas no domingo à tarde, para mostrar a sua indignação.

Segundo informações dos organizadores da manifestação, cerca de 300 pessoas participaram da manifestação e mais uma infinidade de caminhoneiros e outros veículos que ficaram no bloqueio das rodovias por algum tempo, e que passaram logo após o desbloqueio apoiando o protesto com buzinaço. “A manifestação superou a expectativa, até porque, ao amanhecer do domingo, chegamos a pensar em cancelar o protesto em solidariedade a tragédia das nossas vizinhas União da Vitória – PR e Porto União – SC”, conta Esaú Paul, que participou da manifestação.

Para o apartidário, Esaú, o objetivo da manifestação, em primeiro lugar, era o apoio ao movimento nacional para promover o impeachment da presidente Dilma. “Porém, como são os anseios da maioria do povo brasileiro, também em São Mateus do Sul, queremos urgentemente reforma política concreta, fim da corrupção, redução dos impostos, carga tributária, barateamento de combustíveis que estão seguindo no rumo contrário ao do mercado internacional, bem como valorização da família, dos valores morais, do civismo, do patriotismo, enfim, para resgatar a credibilidade que o nosso imenso e amado país precisa ter diante do próprio povo brasileiro e de todo o mundo. Contudo, o motivo maior da manifestação foram mentiras deslavadas, descabidas, que insultaram a inteligência de todo o povo brasileiro, quando promessas de campanha que serviram de plataforma eleitoral, além de não serem cumpridas, foram feitas totalmente ao contrário do que foi prometido antes do dia 3 de outubro. Isso fez com que aquilo que estava engasgado na garganta do povo, fosse exteriorizado na forma de um protesto a nível de nação”, relata.

Conforme Esaú a importância da manifestação do último domingo, foi mostrar a verdadeira face da política brasileira a qual está totalmente desmoralizada pela corrupção, troca de favores, gentilezas entre políticos e seus afins. “Há muitas promessas que são feitas pouco antes de eleições e que depois, na maior cara de pau, como se jamais tivessem falado algo, simplesmente massacram o povo brasileiro. Então é necessário agir, pois a união de um povo pode alterar os rumos de toda uma nação”, argumenta.

PRÓXIMA MANIFESTAÇÃO

Segundo Esaú haverá outra manifestação, que poderá ser maior. “A princípio será no dia 12 de Abril. Porém, estão sendo avaliadas que medidas concretas vão ser tomadas nos próximos dias pelos políticos que se dizem responsáveis por tomar tais medidas, para sabermos exatamente qual será o procedimento daqui para frente”, finaliza.

Por Thaís Siqueira / Gazeta Informativa

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Redes sociais e divulgação de Prefeituras e Câmaras estão suspensas
São Mateus do Sul em estado de calamidade pública. Prefeito justifica
Nova sede para o Fórum Judicial