Muitas vezes os planos de governo, mesmo registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e propostas que em tese levaram à crença e confiança no voto, acabam fadadas ao esquecimento. Disso a importância de cada cidadão saber o que se propõe cada um dos sete postulantes ao cargo de prefeito de São Mateus do Sul, suas ideias e planos para o município, se eleito.

Uma das áreas que sempre surge como prioritária é a Saúde. Potencializada em tempos de pandemia da Covid-19 a sua importância no cenário social e político. Coube ao GI esmiuçar o assunto e tentar trazer as proposições feitas por cada um dos postulantes ao cargo de prefeito de São Mateus do Sul, com base no registro que cada candidato fez junto à Justiça Eleitoral, em documento de divulgação pública.

Candidato a prefeito Argos Fayad e vice-prefeito Renato Possebon.

Argos Fayad, candidato pelo MDB, coloca a temática na sua 1ª linha do seu plano, que é bem suscinto e direto. Se referindo ao apoio para o Hospital. Segundo ele, o intuito é de dar garantia a sustentabilidade econômica e trabalhar pela regionalização do Paulo Fortes, com novos investimentos. Quando menciona os idosos, destaca a necessária contratação de médicos especializados para atendê-los.

Candidato a prefeito Dejair de Jesus Padilha e vice-prefeita Chaiane Stange.

O candidato do PT, Dejair de Jesus Padilha, foca a redução de investimentos federais e desafio de maior aporte por parte da prefeitura. Ao passo que defende a prevenção, um sistema efetivo para prevenir doenças, evitar que o povo adoeça. Este é o conceito matriz da sua proposta de governo, direta, para São Mateus do Sul, levando em conta a existência de estruturas e servidores, mas a falta de efetividade.

Candidato a prefeito Eduardo Pedroni e vice-prefeito Cabo Lima.

Dr. Eduardo, do PTB, destaca a necessidade de o prefeito manter gestão plena sobre o setor. Com atendimento humanizado, resolutivo e de excelência. Indo da promoção à saúde até prevenção de doenças. Melhor suporte na atenção básica, estrutura para atendimento domiciliar, em especial para grupos de risco e com disponibilidade de repasse de medicamento presentes junto da equipe.

O petebista frisa o atendimento à mulher, de forma mais direcionada. Mesma postura frente aos idosos, com exames e diagnósticos disponíveis. Também fortalecer e melhorar a estrutura hospitalar para atendimento especializado. Da mesma forma, dar atenção à vigilância em saúde, assistência farmacêutica, em especial para doenças crônicas, com gestão de todo este trabalho e educação em saúde.

Candidata a prefeita Fernanda Sardanha e vice-prefeito Adão Staniszewski.

Pelo PSD, Fernanda Sardanha abre suas propostas pelo tema de Saúde. Fortalecer o sistema público em São Mateus do Sul, com atenção especial às mulheres e gestantes. Associado ao trabalho de monitorar e auxiliar os Agentes Comunitários em Saúde e acompanhamento dos cidadãos. Com uma ação de monitoramento frente às crianças e adolescentes e trabalho para focar as medidas de prevenção.

Ampliar o número de profissionais do Mais Médicos, atendimento especializado e atenção ao idoso, vigilância em saúde e fortalecimento dos profissionais que estão neste contato mais direto com as pessoas. Saúde da mulher, do homem e pessoas com deficiência. Melhoria nos projetos e busca de investimentos para fortalecimento do setor como um todo, é o que propõe de Sardanha.

Candidato a prefeito Jorge Roiko e vice-prefeita Marta Centa.

Jorge Roiko, do PDT, no seu plano de governo organiza as temáticas em ordem alfabética. O programa ‘Samas Mais Saúde’ é a 1ª proposição, para superar filas de espera e facilitar acesso às consultas, exames e resultados. Instalar UTI, fazer prevenção e cuidado com grupos de risco e doenças crônicas, por meio de agendas específicas, constam nas propostas. Com valorização e capacitação dos profissionais do setor.

Outra perspectiva é de Roiko contratar médicos especialistas. Programa específico para os funcionários municipais, equipamentos para exames, centro da mulher com exames e consultas, intensificar campanhas de vacinação, melhorar o repasse de medicamentos, condições adequadas de atendimento, ações pós Covid-19, melhorias nas unidades e ações voltadas ao Programa Estratégia e Saúde da Família, são propostas.

Candidato a prefeito Luciano Castilho e vice-prefeito Esaú Paul.

O candidato do PSL, Luciano Castilho, propõe a extensão da secretaria de Saúde para ‘Cuidados Sociais’. Citando o desenvolvimento de polo de atividades médicas, com UTI, diagnósticos por imagem e especialidades e atendimento humanizado, com remédio prescrito entregue após a consulta. Levando médico e dentistas para o interior, com melhor estrutura e estímulo às equipes de Saúde da Família.

O plano cita a criação de aplicativo para marcar consultas e exames, com resposta imediata ao munícipe. Apoio ao hospital, mas veículos de socorro, capacitação e farmácia e ambulância de plantão no pronto socorro. Luciano Castilho propõe o trabalho de assistência social para triar necessidade de medicamento de alto custo e facilitar o acesso. Além do projeto de ‘aluguel solidário’ e apoio às unidades de Assistência Social.

Candidato a prefeito Luiz Adyr e vice-prefeito José Stuski.

No plano de governo de Luiz Adyr, do PSDB, a Saúde é parte da área social. Para tanto cita intensificar a prevenção, por atuação das equipes de Agentes Comunitários e Saúde da Família. Estimular e apoiar oferta privada e associativa de recursos adicionais, com apoio às entidades e organizações do setor, como o hospital, com foco em busca de suporte oficial para ampliar e melhorar o atendimento, e implantar UTI.

Expansão da atuação do centro de saúde da mulher, com especialistas, é outra proposição. Da mesma forma, expandir a cobertura da Saúde da Família. Instalar cisternas nas unidades do interior, manutenção das unidades, implementar gestão online para consultas e exames e ações periódicas móveis nas vilas e no interior, no programa ‘A saúde chegou’, é outra proposta que visa a reeleição de Luiz Adyr.

Sidnei Muran

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Governo libera R$ 18 milhões para municípios da região de São Mateus do Sul
Odiney Bacil é pré-candidato a prefeito em São João do Triunfo
Projeto Agente de Cidadania comemora 1 ano