A unidade de atendimento específica para pacientes suspeitos do Covid-19 irá funcionar em anexo ao Pronto Socorro Municipal de São Mateus do Sul, na Rua Doutor Paulo Fortes, nº 22. (Fotos: Éber Deina/Gazeta Informativa)

A pandemia do Covid-19, popularmente chamado de coronavírus, tem acarretado uma série de efeitos nos diversos setores da sociedade. As políticas públicas também foram afetadas, pois nesse momento de dificuldade vivido por todos, a necessidade do amparo e das medidas tomadas pelos poderes públicos ficou muito evidente.

Em função dos avanços da pandemia por todo o país, cresce a necessidade da realização de testes do maior número de indivíduos possível, a fim de detectar a doença e obter um número de infectados mais próximo das tendências reais. O atendimento de pacientes do Covid-19 também requer prevenção e isolamento, o que tem sido atendido pela instalação de novos setores nas unidades de saúde públicas ao longo do Brasil.

Panorama do coronavírus no Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde, divulgou na última quarta-feira (3), um boletim epidemiológico informando que o número de casos confirmados da doença em nosso estado é de 5.494. E 205 indivíduos morreram em decorrência do coronavírus, havendo registros em 263 municípios do Paraná. A média de ocupação de leitos do SUS (Sistema Único de Saúde), exclusivos para atendimento da Covid-19 é de 35%.

Os impactos da pandemia podem ser sentidos por diversos setores econômicos. As indústrias paranaenses tiveram queda de 20%, em média, na produção, de acordo com a Federação das Indústria do Paraná (FIEP). Os setores que sofreram mais foram: vestuário, automóveis e eletrodomésticos. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), foram 13.921 vagas cortadas no estado.

Panorama do coronavírus em São Mateus do Sul

De acordo com o boletim mais recente, divulgado pela Prefeitura Municipal de São Mateus do Sul no dia 3, nosso município conta com 155 pacientes suspeitos no quadro de investigação. São 196 casos monitorados, 349 casos cuja confirmação é negativa, 21 casos confirmados e um óbito. Todos os pacientes estão sendo monitorados pelas equipes de Vigilância em Saúde, em isolamento domiciliar.

A realização de testes para Covid-19

O Secretário da Saúde municipal, Wagner Siben Wolff, comentou sobre a realização de alguns testes para a detecção do coronavírus em nossa cidade. “O município recebeu uma doação de aproximadamente 200 testes do tipo RT-PCR, da West Rock, como já foi divulgado anteriormente. Nos preocupamos com a realidade de muitos moradores são-mateuenses, que estavam desempenhando suas atividades numa parada da empresa, localizada no município vizinho de Três Barras (SC). O número elevado de casos na cidade vizinha e essa rotina de trabalho envolvendo trabalhadores do município, fez com a Secretaria elaborasse um cronograma para testagem desses indivíduos. São aproximadamente 160 funcionários, cuja totalidade do material já foi coletada”, afirmou ele.

O Secretario também comentou sobre os casos assintomáticos da doença. “Esse tipo de ação busca detectar também aqueles pacientes que estão com a doença, mas não apresentam sintomas. Independente disso, eles acabam se tornando transmissores do coronavírus, que pode chegar até outras pessoas. Dessa forma ampliamos o conhecimento sobre as particularidades da situação, que requer muito cuidado nas medidas adotadas pela gestão pública”, pontuou Wagner.

A unidade de atendimento específico para Covid-19

O Secretário da Saúde municipal também prospectou sobre a nova unidade de atendimento específico para pacientes do Covid-19, que está sendo implementada em anexo ao Pronto Socorro de nossa cidade. “A implantação da unidade de atendimento específico está vivendo a finalização da parte física, com pinturas e acabamentos sendo realizados essa semana. Já estamos trabalhando também na contratação dos profissionais que irão atuar ali”, destacou ele.

De acordo com o Secretário, serão investidos cerca de R$ 600 mil na contratação de médicos, enfermeiros e técnicos. A ala irá funcionar 24 horas por dia, durante todos os dias da semana. “Assim que a unidade estiver entrando em funcionamento, todos os moradores da cidade portando sintomas respiratórios serão atendidos ali. Essa ação tem dois motivos principais: a proteção dos profissionais de saúde, com a atuação de uma equipe especialmente destinada e paramentada para atuar nesse cenário e também proteger o usuário do sistema público de saúde, que possuem o mesmo nível de importância para nós”, encerrou ele.

A conclusão da instalação de uma unidade de atendimento específica para pacientes suspeitos do Covid-19 deverá ser concluída nos próximos dias.

A separação dos pacientes com quadros respiratórios dos demais usuários do sistema público de saúde é importante na preservação de todos os envolvidos.

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Pulseiras sinalizam a gravidade de pacientes no Pronto Atendimento de São Mateus do Sul
Mais de 13 mil pessoas já foram vacinadas contra a gripe em São Mateus do Sul
São Mateus do Sul prepara ações de conscientização sobre infecções sexualmente transmissíveis