Educação e Cultura

Segundo dia do Enem contou com questões sobre Ciências da Natureza e Matemática

São Mateus do Sul contou com um número maior de abstenções comparado ao primeiro dia de prova. (Foto: Cláudia Burdzinski/Gazeta Informativa)

O segundo dia das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi realizada sem nenhum transtorno em São Mateus do Sul. Os Colégios Estaduais Duque de Caxias (CEDUC) e São Mateus (CESM) eram os locais onde as provas foram aplicadas. Nesse dia, os temas de Ciências da Natureza (física, química e biologia) e Matemática ilustravam as 90 questões, que em 2018, tiveram meia hora a mais para sua realização. O início foi 13h30 e o término 18h30.

De acordo com a organização da prova no município, no CEDUC, houveram 98 alunos ausentes dos 360 inscritos; já no CESM, foram 145 ausências dos 516 inscritos. De acordo com alguns acadêmicos, os assuntos ligados a química exigiam mais do conhecimento adquirido em sala de aula. Teve também conceitos sobre mutações genéticas, peixes e carros elétricos, e até a Lei Nacional sobre Drogas, quando os alunos teriam que calcular o tempo médio de pena para um crime. Outras questões que caíram no Enem foram inspiradas na fruta atemóia, nos pedágios das estradas e nos carros “flex”, que funcionam com etanol e gasolina.

Em Ciências da Natureza, a parte de biologia teve prevalência de temas sobre genética. Pelo menos quatro questões abordaram o assunto. Na parte de física, os estudantes precisaram responder a uma questão que abordava a tecnologia RFID, que representa a sigla em inglês de “Radio-Frequency IDentification” (identificação por rádio-frequência). Essa tecnologia serve para rastrear gado, veículos que passam por pedágios nas estradas e as bagagens despachadas pelas empresas de aviação.

Para a são-mateuense Luiza Beatriz Mayer de Lima, de 18 anos, a prova exigiu raciocínio e concentração na hora de realizar os cálculos. “Esse ano estudei por cursinhos online e recomendo esse tipo de ferramenta para quem deseja complementar o que aprendeu em sala de aula”, diz.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), houveram 29,9% de abstenções nesse segundo dia de prova à nível nacional. Mesmo com essa porcentagem, o Enem de 2018 teve o menor número de desistentes desde 2009. As notas serão divulgadas no dia 19 de janeiro de 2019 e poderão ser usadas pelos participantes para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (Prouni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do próximo ano.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Chá Literário resgata a poesia são-mateuense
Casa Familiar Rural de São Mateus do Sul lança projeto de incentivo a piscicultura
Intercâmbio para a Polônia e novos cursos para a Uniuv de São Mateus do Sul são temas de reunião

Os comentários estão fechados