Mestre Aorelio e Grupo Mandicuera difundem o ritmo como patrimônio e cultura popular. (Divulgação)

O Circuito Cultural, iniciativa do Sesi Cultura Paraná, leva o projeto “Amanhece. Mestre Aorelio e  o Fandango Caiçara”,  com o Grupo Mandicuera por 13 cidades do Estado. A ação tem como objetivo difundir o ritmo como o patrimônio e a cultura popular mais antigos do Paraná. Em uma nova roupagem viva e de sonoridade potente, serão apresentadas as músicas do disco “Amanhece – Fandango Caiçara” – trabalho que registra modas tradicionais, de domínio público, mas também músicas atuais compostas por Aorelio em parcerias diversas, reforçando a vitalidade do ritmo.

Na ilha dos Valadares, assim como em outras áreas do território caiçara que se estende do litoral sul-fluminense ao litoral norte do Paraná, a função do Fandango vem extrapolando seu papel poético e festivo, assumindo-se também como ferramenta para que as comunidades afirmem sua identidade frente às pressões externas e ao apagamento histórico.

Regravado no disco Amanhece – Fandango Caiçara, a faixa “Moda da Força Verde” se soma à “Moda da Placa Solar” e a “Peixe Morto”, produção que sublinha o trânsito e a dinâmica dos processos criativos caiçaras que serão apresentados nesta edição do Circuito Cultural do Sesi. Somando-se a essas sonoridades, um grupo de seis dançarinos apresentará coreografias típicas em todas as cidades, fazendo com que o público sinta-se em um tradicional baile de fandango.

Outro aspecto da música que será apresentada neste projeto, é a materialização nas linhas de baixo elétrico nas modas bailadas e o acústico nas marcas batidas, um instrumento inusitado que acompanha a formação entendida por “tradicional”, evidenciando outros contornos e texturas sonoras, tanto das modas tradicionais quanto nas composições inéditas que fazem parte do disco.

Por meio do Circuito Cultural do Sesi, o projeto vai passar pelas cidades de Medianeira (11/6), Francisco Beltrão (12/6), Pato Branco (13/6), Palmas (14/6), Guarapuava (25/6), São Mateus do Sul (26/6), Rio Negro (27/6), Mandirituba (28/6), Quedas do Iguaçu (2/7), Guaíra (3/7), Foz do Iguaçu (4/7), Capitão Leônidas (5/7) e Ampére (6/7). Em todos os shows, os ingressos são solidários e podem ser trocados por 1kg de alimento.

São Mateus do Sul:

Data: 26 de junho, às 20h.

Local: Centro Cultural do Clube dos Empregados da Petrobras (CEPE) – Rua Manoel Cunha Bittencourt, 2100.

Fonte: Divulgação Sesi

Redação do jornal Gazeta Informativa

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
“Síndrome de Down não é uma doença e sim uma condição inerente à pessoa”, destaca a diretora da APAE de São Mateus do Sul
Com apenas 12 anos, Antoniolintense conquista medalha de ouro na OBMEP
Curso Técnico em Eletromecânica do Colégio Integral dará continuidade nas atividades no Colégio Estadual São Mateus

Deixe seu comentário

*