Mestre Aorelio e Grupo Mandicuera difundem o ritmo como patrimônio e cultura popular. (Divulgação)

O Circuito Cultural, iniciativa do Sesi Cultura Paraná, leva o projeto “Amanhece. Mestre Aorelio e  o Fandango Caiçara”,  com o Grupo Mandicuera por 13 cidades do Estado. A ação tem como objetivo difundir o ritmo como o patrimônio e a cultura popular mais antigos do Paraná. Em uma nova roupagem viva e de sonoridade potente, serão apresentadas as músicas do disco “Amanhece – Fandango Caiçara” – trabalho que registra modas tradicionais, de domínio público, mas também músicas atuais compostas por Aorelio em parcerias diversas, reforçando a vitalidade do ritmo.

Na ilha dos Valadares, assim como em outras áreas do território caiçara que se estende do litoral sul-fluminense ao litoral norte do Paraná, a função do Fandango vem extrapolando seu papel poético e festivo, assumindo-se também como ferramenta para que as comunidades afirmem sua identidade frente às pressões externas e ao apagamento histórico.

Regravado no disco Amanhece – Fandango Caiçara, a faixa “Moda da Força Verde” se soma à “Moda da Placa Solar” e a “Peixe Morto”, produção que sublinha o trânsito e a dinâmica dos processos criativos caiçaras que serão apresentados nesta edição do Circuito Cultural do Sesi. Somando-se a essas sonoridades, um grupo de seis dançarinos apresentará coreografias típicas em todas as cidades, fazendo com que o público sinta-se em um tradicional baile de fandango.

Outro aspecto da música que será apresentada neste projeto, é a materialização nas linhas de baixo elétrico nas modas bailadas e o acústico nas marcas batidas, um instrumento inusitado que acompanha a formação entendida por “tradicional”, evidenciando outros contornos e texturas sonoras, tanto das modas tradicionais quanto nas composições inéditas que fazem parte do disco.

Por meio do Circuito Cultural do Sesi, o projeto vai passar pelas cidades de Medianeira (11/6), Francisco Beltrão (12/6), Pato Branco (13/6), Palmas (14/6), Guarapuava (25/6), São Mateus do Sul (26/6), Rio Negro (27/6), Mandirituba (28/6), Quedas do Iguaçu (2/7), Guaíra (3/7), Foz do Iguaçu (4/7), Capitão Leônidas (5/7) e Ampére (6/7). Em todos os shows, os ingressos são solidários e podem ser trocados por 1kg de alimento.

São Mateus do Sul:

Data: 26 de junho, às 20h.

Local: Centro Cultural do Clube dos Empregados da Petrobras (CEPE) – Rua Manoel Cunha Bittencourt, 2100.

Fonte: Divulgação Sesi

Redação do jornal Gazeta Informativa

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Grupo Karolinka embarca nesta quarta (10) para turnê na Polônia
Tarde recreativa vai antecipar o Dia das Crianças em São Mateus do Sul
São-mateuense conquista segundo lugar em festival de música da Uniuv

Deixe seu comentário

*