Policial

Simulação de acidente de trânsito chama atenção em São Mateus do Sul

Fotos: Thaís Siqueira/Gazeta Informativa

Fotos: Thaís Siqueira/Gazeta Informativa

Neste ano, a Semana Nacional de Trânsito que ocorreu em todo o país entre 18 e 25 de setembro, teve como tema “Seja você a mudança no trânsito”. Em São Mateus do Sul, várias ações marcaram a campanha e incentivou motoristas, pedestres e ciclistas a repensarem suas atitudes nas ruas e rodovias para preservar a vida. “O objetivo da campanha é a conscientização de todos os usuários do trânsito no sentido de colaborar para que tenhamos um trânsito seguro, onde as pessoas e veículos ocupem o mesmo espaço de modo interagir de maneira positiva evitando acidentes e mortes”, enfatiza o 1º sargento auxiliar do Comando da Policia Militar de São Mateus do Sul José Dinarci de Paula.

Em São Mateus do Sul, as ações que aconteceram foram realizadas pela Polícia Militar; pelo Conselho Municipal de Segurança (Conseg); os centros de formação de condutores (CFCs); o Corpo de Bombeiros de São Mateus do Sul; Batalhão da Patrulha Escolar Comunitária (Bpec) e o Colégio São Mateus. Durante a semana foram realizadas palestras, colocação de cruzes em duas rotatórias da cidade e blitzs educativas na área central e bairros, com distribuição de folder’s, jornais, cartilhas e adesivos informativos.

A simulação

Sem dúvidas, o que mais marcou a campanha de conscientização, foi a simulação de um acidente de trânsito que chamou a atenção de quem passou pelo centro da cidade na manhã de sexta-feira (02). Segundo informações, só não ocorreu durante a Semana (entre 18 e 25 de setembro) por questões climáticas. Um caminhão, e duas pessoas foram usadas para simular o acidente na rua Dom Pedro II esquina com a Avenida Ozy Mendonça de Lima, que marcou a última ação da campanha.

O vendedor Giovane Mores, que assistiu a simulação, conta que a maioria das pessoas acreditou tratar-se de um acidente verdadeiro e conta que viu algumas senhoras rezando pela vida dos “atropelados”. “Parabenizo todos os envolvidos na ação do simulado, pois foi uma bela simulação. Tocaram num ponto muito importante. Onde, tanto motoristas como pedestres andam muito desatentos, como falando ou mexendo no celular. Onde muitas vezes por fração de segundos acontece uma fatalidade. Trabalhando aqui na avenida, coração da cidade, vejo tantos motoristas falando no celular, entrando na contra mão. Literalmente não respeitando nenhuma sinalização. Assim como pedestres, que se acham os reis do asfaltos. (Risos) Atravessando onde não tem faixa, com sinal aberto. E mesmo assim achando ruim quando motoristas não dão espaço (famosa paradinha, com sinal aberto. Para atravessarem). Aqui ocorre muito desrespeito com a sinalização. Dando de motoristas recém habilitados como já os antigos! Faixa é para ser usada. Sinaleiros para ser respeitados. Vamos prestar mais atenção. Respeitar a sinalização. Parabéns Professora Telma, Bombeiros, Polícia Militar e alunos”, comenta.

Antes de ocorrer a simulação do acidente, houve também uma distribuição de panfletos para conscientizar os motoristas sobre o cinto de segurança e consumo de bebidas alcoólicas e direção. Para o Soldado Alexandre Removicz, além da panfletagem, a simulação foi uma ação muito importante e educativa, que chamou a atenção de um número grande de pessoas. “Eu só preciso agradecer a empresa que doou o caminhão para a simulação e a diretora do Colégio São Mateus, Telma Staniszewski que esteve cem por cento presente na organização desta ação”, diz.

Conforme o sargento de Paula, o trânsito em São Mateus do Sul ainda é considerado normal, no entanto, ao longo dos anos o fluxo de veículos vem aumentando, para tanto, precisa aumentar as vias coletoras e arteriais de circulação, melhorar a sinalização, fazer mais investimentos de engenharia nas vias, desenvolver trabalhos de educação de trânsito, bem como, fazer com que a população também colabore para um trânsito mais seguro.

Sobre os acidentes ocorridos no município, sargento de Paula afirma que encontram-se dentro da normalidade, no entanto, na sua maioria é por falha dos condutores que deixam de prestar atenção na sinalização ou até pela falta desta. “Existem casos de acidentes que ocorrem por falta de respeito as normas de trânsito, alta velocidade e até pela falta de uma fiscalização mais periódica”, conclui.

Thaís Siqueira

Fundadora e proprietária da Gazeta Informativa, graduada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo e pós-graduada em Produção e Avaliação de Conteúdos para as Mídias Digitais.

Últimos posts por Thaís Siqueira (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Abordagem policial a médico cubano causa repercussão nas redes sociais
São-mateuense morre em acidente em Antonio Olinto
Morador de Mallet guardava R$ 100 mil em paiol e foi roubado

Os comentários estão fechados