O teatro é realizado desde 2011 por toda a comunidade. (Foto: Levante Fotografia)

Na próxima sexta-feira (19), para os cristãos, será comemorado a Sexta-feira da Paixão, data em que fiéis demonstram a admiração pelo ato de doação e entrega de Jesus Cristo. Como forma de homenagear este momento, a comunidade da Colônia Iguaçu estará realizando o tradicional teatro campal que contará sobre a vida, morte e ressurreição de Jesus.

A programação da Sexta-feira Santa iniciará às 17h30, com a saída da procissão do Cristo morto da matriz da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa, na Vila Nepomuceno. Os fiéis passarão pela Vila Americana e Colônia Iguaçu, até às dependências do Centro Polônico Marcelo Janowski (CEPOM), no campo onde o teatro será realizado. A organização informa que a entrada será gratuita, e as pessoas que se sentirem a vontade, podem levar um quilo de alimento não perecível que será doado para entidades são-mateuenses.

De acordo com Ana Cleia Chadai Bojanovski, uma das organizadoras, a inspiração para o teatro partiu de cada família participante da comunidade da Colônia Iguaçu, principalmente os jovens da catequese. “A ideia sempre foi encenar um teatro que lembrasse um pouco dos tempos de Jesus, sua vida pública e os eventos que levaram a sua crucificação, morte e ressureição, os momentos que deram início a vida e a fé”, explica. O teatro é organizado desde 2011, e reúne comunidade e visitantes para prestigiar a peça preparada com muito carinho pelos organizadores.

Cerca de 60 atores e figurantes fazem parte da apresentação, como crianças, jovens, adultos, familiares e amigos vindos das comunidades da Colônia Iguaçu, Vila Americana e Parque das Tamareiras. “A história bíblica é contata em cenários. Tudo muito simples mas real. Para continuar com esse sucesso, é preciso fazê-lo com amor e perseverança, trabalhar com responsabilidade e se superar a cada ano”, destaca Ana. O Teatro da Paixão de Cristo é encenado em campo aberto, em um espaço cedido por um morador ao lado do CEPOM. “A cada ano são feitas alterações no roteiro, que é estudado pelos componentes da direção e atores. Novos cenários e adaptações são feitas, buscando não repetir as cenas, mas sem fugir da ideia principal, então quem assistiu no ano anterior sempre verá cenas novas”, informam.

“Convidamos toda a população são-mateuense para acompanhar o teatro que está sendo preparado com muita alegria por toda a comunidade. Este ano algumas novidades são os personagens como João Batista, o qual batiza Jesus e inicia sua vida pública, os seus milagres, que levaram a sua perseguição, condenação e crucificação. Várias outras cenas serão marcantes, com a participação de populares e atuações muito próximas ao público, interagindo com eles em algumas cenas, desta forma buscando maior emoção”, convidam.

Paixão de Cristo do JUC

Também levando a fé na morte e ressurreição de Jesus, o grupo Jovens Unidos em Cristo (JUC), da Paróquia São Mateus, informa que em 2019 não apresentará a tradicional peça da Paixão de Cristo. “Tal decisão é justificada pelo fato do grupo estar modificando sua estrutura e investindo em um novo uniforme. Para o ano de 2020 a peça já está confirmada. Agradecemos a todos pelo envio de mensagens e pelo carinho com esse grandioso trabalho”, destaca Douglas Lara, presidente do JUC.

Celebrações nas Paróquias de São Mateus do Sul na Sexta-feira Santa

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro – Vila Prohmann

Das 7h às 12h e das 13h às 14h confissões; 15h celebração da Paixão; 19h procissão com Cristo morto.

Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa – Vila Nepomuceno

Às 9h via-sacra da catequese e atendimento as confissões; 15h celebração da Paixão; 17h30 procissão com a imagem do Cristo morto da Matriz até a Colônia Iguaçu, e teatro campal da Paixão de Cristo.

Paróquia São Mateus – Centro

Das 9h às 11h – confissões; 15h celebração da Paixão; 19h procissão da capela Nossa Senhora dos Navegantes – Vila Amaral até a Paróquia São Mateus.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Celebrações de Corpus Christi marcam o feriado em São Mateus do Sul
A simplicidade no caminho de encontro ao amor de Deus
Encontro Ousados foi feito para você!

Deixe seu comentário

*