Histórias de Terra e Céu

Tem alguém aí????

Na semana passada tive a oportunidade de fazer uma palestra sobre astronomia para cerca de 40 crianças da escola Odemira Cunha. É sempre maravilhoso falar sobre este tema, mas este grupo era realmente especial, seja pelo brilho nos olhos curiosos, seja pela capacidade incrível de formular perguntas. E entre as tantas perguntas que surgiram nesta conversa, trouxe duas para o nosso bate-papo de hoje: “existem planetas fora do Sistema Solar?” e “podem haver extraterrestres lá?”.

Esses questionamentos são o eco da pergunta que nós fazemos desde que começamos a raciocinar: “Estamos sós no Universo?”. Mas vamos responder por partes. Primeiro: existem sim planetas fora do sistema solar. Nós chamamos eles de “exoplanetas”. O incrível é que há cerca de 25 anos, não havíamos conseguido comprovar a existência destes astros. Mas após o primeiro ser encontrado, em 1993, uma verdadeira enxurrada de descobertas elevou o número para mais de 1.700 planetas já encontrados. A maioria deles são gigantes gasosos, como Júpiter e Saturno. Mas há alguns rochosos também.

Mas se existem planetas, haveria “vizinhos ETs” habitando eles? Bom, esta resposta já é mais difícil… Então, por que não damos “um pulinho” em algum deles para conferir? Aí a coisa fica ainda mais complicada. A estrela mais próxima da Terra (depois do Sol, é claro) chama-se alfa do Centauro, e fica a 4,3 anos-luz. Isso significa que a luz que vemos quando olhamos para ela saiu de lá em 2012. Parece pouco, mas isso equivale a 40 trilhões de quilômetros. Mesmo a nossa nave mais rápida levaria 19 mil anos para chegar lá…

Essa é a má notícia… A boa notícia é que provavelmente esta estrela tenha realmente um planeta em órbita e, o que é melhor, um planeta rochoso como a Terra. Os astrônomos ainda estão realizando várias medições para tentar comprovar isso, mas seria uma sorte nossa ter um planeta irmão na vizinhança (mesmo que leve quase 20 mil anos para chegar à casa deste vizinho).

Se você quiser ver alfa do Centauro, é bem fácil. Saia para a rua em um local escuro e com céu limpo, olhe para o sul e encontre o Cruzeiro do Sul. Próximo ao Cruzeiro você encontrará duas estrelas bem brilhantes, cujo alinhamento aponta para o Cruzeiro. Estas são alfa e beta do Centauro. Beta é a mais próxima da cruz, enquanto a nossa vizinha, alfa do Centauro, é a que fica mais distante. Com um pequeno telescópio você descobrirá que alfa é uma estrela dupla. Um telescópio bem mais potente nos mostraria uma terceira estrela (chamada Próxima Centauro, por ser a que fica realmente mais perto de nós).

Quem sabe no futuro nossos netos já tenham naves para viajar até estas estrelas e perguntar: “Tem alguém aí???”. Enquanto sonhamos com isso, me despeço deixando vocês com a foto da turminha genial da Vila Amaral e agradecendo às professoras Rose, Rosicléia e Ângela que me deram a oportunidade de estar com eles.

Até a próxima semana e céus limpos para todos nós!

Gerson Cesar Souza
Astrônomo Amador
gersoncesarsouza@gmail.com

colunistas_gerson_menor

Gerson Cesar Souza
Últimos posts por Gerson Cesar Souza (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
A História Viva de “São João Maria”
Namoros Celestes
Eu quero a sua Lua!