Conversas e seus conteúdos podem virar pesadelos. (Imagem Ilustrativa)

Em São Mateus do Sul, há poucas semanas aconteceram algumas tentativas de extorsão com algumas pessoas, num golpe pelo celular. O golpe se deu pelas redes sociais e houve a tentativa de extorquir dinheiro mediante ameaças de divulgação das mensagens e imagens.

O golpe tem início pelo Facebook, onde uma jovem garota entra em contato e solicita amizade de homens. Com conversas banais, ela cria uma intimidade com a vítima, conhecendo a pessoa. Depois de algum tempo de conversas, entra em determinados assuntos sobre namoro e romances e, dessa maneira, chega ao ponto de solicitar fotos da pessoa. Tendo uma amizade firmada, a conversa ocorre no WhatsApp, sendo mais fácil a comunicação. Nesse momento, já ocorreu a conquista da confiança da vítima e há o envio de conteúdo de nudez de garotas, nem sempre aparecendo o rosto e evidenciando que não se trata da mesma garota em todas as imagens. Dependendo da reação, normalmente é solicitada fotos íntimas do homem com quem conversa e, ao chegar nesse ponto, se iniciam as chantagens. As garotas, normalmente adolescentes, dizem ter entre 14 e 16 anos, mas com uma conversa e “cabeça avançada”, alegando preferência por homens mais velhos e com experiência.

Mesmo que a vítima não tenha enviado, apenas recebido imagens da suposta garota, começam chantagens. Um adulto, se passando pelo pai da adolescente, envia mensagens à vítima e diz estar entrando em contato com a polícia, por vezes afirmando já estar na delegacia enquanto outra pessoa se faz passar por um agente policial, tendo o intuito de fazer com que a pessoa se sinta acuada, aceitando pagar uma certa quantia em dinheiro para não ter exposta as conversas e fotos nas redes sociais. Em alguns casos, a pessoa ainda recebe mensagens de áudio da suposta garota, falando que seu pai pegou o celular e brigou com ela, tentando fazer – de todas as maneiras – com que pareça uma cena real, e não um golpe.

Verificou-se e as redes sociais da suposta garota, onde possui poucos contatos e, em sua lista de amizades, constam apenas homens mais velhos que ela. Fica perceptível que se trata de um perfil que é criado apenas para esse fim, golpes. É um perfil diferente daqueles de garotas desta idade, onde constam muitas e diferentes amizades, além de assuntos diversos, próprios da faixa etária. São números de diversos locais do Brasil e, em algumas das tentativas de golpe em São Mateus do Sul, os remetentes eram de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Foram realizados diversos boletins de ocorrência no município. Segundo informações da Polícia Civil, foram mais de 20 tentativas de extorsão comunicadas mas acredita-se que pode ter ocorrido muitas mais, não sendo comunicados. A facilidade de se obter uma linha celular hoje em dia torna difícil a busca por esses elementos que se escondem no anonimato. São linhas pré-pagas, compradas com documentos falsos e até mesmo linhas de celulares roubadas, que podem ser facilmente descartadas se os golpistas se sentirem ameaçados ou perceberem que estão sendo rastreados. Os casos que chegaram até a Polícia Civil foram orientados sobre como proceder nesses casos e, principalmente, que não efetuem nenhum pagamento.

A Lei 12.737/2014 rege situações como essa, onde há a divulgação de fotos íntimas pela internet. Essa lei ficou conhecida como “Lei Carolina Dieckmann”, após a atriz ter fotos íntimas roubadas e vazadas nas redes sociais. A divulgação de fotos e vídeos com teor sexual, sem o consentimento do dono, também pode ser interpretada pela justiça como um crime. A situação se enquadra como difamação ou injúria, de acordo com os artigos 139 e 140 do Código Penal. Quem fizer isso pode pagar multa e ser preso por três meses até um ano.

Hugo Lopes Júnior
Últimos posts por Hugo Lopes Júnior (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Assembleia para aprovação do estatuto do IHG/SMS acontece no dia 16 de outubro
Instituto Histórico e Geográfico de São Mateus do Sul e Núcleo Regional de Educação firmam parceria
Miss 2018 da Melhor Idade é eleita em São Mateus do Sul