Jornal de São Mateus do Sul (PR) e região

Triunfo S/A tem prazo de 720 dias para concluir a pavimentação da PR 364

(Foto: Acervo/Gazeta Informativa)

O prefeito Luiz Adyr recebeu uma cópia da Ordem de Serviço nº 046/2018 para a execução dos serviços de pavimentação da rodovia PR 364. A partir da data da assinatura, 3 de dezembro, a empresa tem o prazo contratual de 720 dias para entregar a obra.

“Agradeço ao empenho do Governo do Estado, fizemos a nossa parte enquanto gestor municipal, mas eles também foram incansáveis para nos atender”, diz Luiz Adyr.

A obra que é esperada pela população há mais de 50 anos, vai beneficiar cerca de 112 mil habitantes da região.

“O benefício é enorme, porque vai gerar desenvolvimento, riqueza, segurança e conforto, não só para quem mora no trecho, mas também quem transita pela região”, completou.

Mais sobre a obra

O termo contratual celebrado entre o DER e a Construtora Triunfo S/A foi assinado no dia 12 de novembro na sede da autarquia e na última terça-feira (20), foi publicado no Diário Oficial do Estado do Paraná. Conforme o governo estadual, o projeto prevê a restauração de três quilômetros de rodovia já pavimentada com alargamento dos acostamentos, implantação de calçadas e ciclo faixas na área urbana de São Mateus do Sul.

No trecho ainda não asfaltado, o traçado existente será mantido com a implantação de rodovia em pista simples com acostamentos. Haverá uma variante somente nos 1.200 metros finais do trecho, na chegada de Irati, para desviar o bairro Riozinho e retirar o trânsito de perto das residências.

Também está prevista a construção de uma nova ponte sobre o Rio Turvo, com 14 metros de extensão. Em Irati, uma trincheira fará a ligação da PR-364 e BR-153, que fica próximo ao trecho conhecido como “curva da morte”, onde há grande movimento de veículos e pedestres.

Fonte: Redação Gazeta Informativa e Prefeitura Municipal de São Mateus do Sul

Compartilhe esta reportagem...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this page


Comentários: