(Foto: Gilson Abreu/AEN)

Um em cada cinco paranaenses com idade superior a 18 anos está imunizado contra a Covid-19. A marca de 20% da população vacinável que recebeu a dosagem única ou as duas doses do medicamento foi alcançada nesta quinta-feira (15).

De acordo com o Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), 1.746.297 de um total de 8.720.953 pessoas já completaram o ciclo vacinal no Paraná – o Ministério da Saúde ainda está finalizando os estudos para inclusão de crianças e jovens no Programa Nacional de Imunização (PNI).

“É um avanço importante e significativo, que desencadeia na melhoria de outros indicadores, como a queda no número de mortes, infectados, na taxa de transmissão e também na ocupação das UTIs”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “A vacina salva vidas e vai fazer com que a normalidade seja retomada. Lembrando que vacina boa é vacina no braço dos paranaenses”.

Ele lembrou que na quarta-feira (14) o Paraná também ultrapassou a marca de 60% do público vacinável com passagem em algum posto de saúde, o que aproxima o Paraná da marca de 80% projetada para agosto nesse indicador.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) aponta que os municípios que mais avançaram na imunização por completo, em números absolutos, são: Curitiba, com 303.844 pessoas, Londrina (102.078), Maringá (83.250), Cascavel (58.212) e Ponta Grossa (46.022).

Proporcionalmente ao quantitativo da população, contudo, Diamante do Norte (28,60%), Barra do Jacaré (28,57%), São Jorge D’Oeste (27,12%), Nova Laranjeiras (23,39%) e Miraselva (23,20%) são as cidades mais eficientes em relação à aplicação da segunda dose. Já Itaperuçu (8,57%), Sertanópolis (7,78%), Manoel Ribas (7,15%), Lidianópolis (7%) e Sertaneja (6,77%) se destacam na proteção com dose única, com a aplicação do imunizante da Janssen.

“Tivemos, pelos grupos de comorbidades, uma discrepância muito grande no número de doses entre municípios. Há duas ou três semanas estamos corrigindo essa proporção de maneira isonômica para que possamos chegar, no mês de agosto, à vacinação de 80% da população-alvo paranaense ao menos com uma dose”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. O calendário prevê imunização de 100% até setembro.

Atualmente, ainda segundo a ferramenta do SUS gerenciada pelo Ministério da Saúde, o Estado já administrou um total de 6.810.284 doses, sendo 5.063.987 primeiras doses (74,4% das aplicações), 1.484.703 segundas doses (21,8%) e 261.594 doses únicas (3,8%).

Laboratórios

Nesses seis meses, a vacina mais utilizada foi a Covishield, da parceria AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, com 46,5% do total de doses utilizadas, seguida pela CoronaVac, do Instituto Butantan/Sinovac, com 36,3%. Na sequência, estão a Cominarty, da Pfizer/BioNTech, com 13,4%; e a Janssen, com 3,8%.

Novas doses

Nesta quinta-feira (15), o Paraná vai receber mais 235,5 mil vacinas contra a Covid-19 para aplicação da primeira dose. Os imunizantes são da Fiocruz/AstraZeneca/Oxford, e são divididos entre dois públicos: são 166.951 doses para o avanço na vacinação da população em geral e 45 mil doses exclusivas para moradores de quatro cidades da região de fronteira com Paraguai e Argentina: Foz do Iguaçu, Guaíra, Santo Antônio do Sudoeste e Barracão.

Por Agência Estadual de Notícias do Paraná

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Municípios devem cadastrar suas áreas de conservação até o dia 30 de julho
Mais de 1,5 milhão de pessoas já receberam a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 no Paraná
Quase 70% dos municípios do Paraná registraram números positivos de emprego em março