Máquina do Tempo

Uma Tradição Natalina Polonesa

Feitos para representar o Advento, os presépios de Natal são uma referência histórica ao momento e ao contexto o qual, segundo a tradição cristã, seu Messias chegou ao mundo. A palavra presépio, vem do latim, Praesaepe, que significa estrabaria ou curral. A tradição de montar presépios remonta a Idade Média, quando São Francisco de Assis em 1223 d.C montou pela primeira vez um em uma gruta da Itália, com a intenção de que o povo, a maioria sem acesso à leitura dos textos litúrgicos, pudesse ver e compreender o nascimento de Jesus. A iniciativa de São Francisco, transformou-se numa importante tradição natalina quando os monges franciscanos deram continuidade ao costume nos mosteiros pela Europa afora, inclusive na Polônia.

Nosso município, oriundo de uma imigração polonesa possui muitos descendentes que talvez nunca estiveram por lá. Hoje, em média, quase 90% da população na Polônia pertence à religião Católica. Os poloneses, possuem uma maneira singular de representar o nascimento de Jesus, desde o século XIX, quando carpinteiros começaram a construir presépios como ocupação na época de inverno. Todo ano na época de Natal, na Cracóvia, acontece uma mostra e um concurso de presépios. Pessoas de todas as idades participam. São presépios estilizados, em miniatura ou enormes, que misturam aspectos da tradição cristã, e aspectos da cultura e do folclore polonês. Ricos em detalhes, os presépios poloneses, são confeccionados de forma artesanal. Eles podem ser feitos de madeira, papelão e papel alumínio, esses muito coloridos. Também podem ser confeccionados de renda, e materiais naturais como palha, e folhas secas, estes últimos fazem referência à uma tradição mais rural. Eles podem reproduzir elementos da arquitetura polonesa, principalmente as construções religiosas e históricas, catedrais, monastérios, castelos etc. Duas delas mais reproduzidas, a Igreja de Nossa Senhora (Mariacki) e o Castelo de Wawel. Também é costume acrescentar junto à Sagrada Família e os três Reis Magos, santos poloneses, como o Papa falecido e beatificado, João Paulo II, e personalidades históricas como a cientista polonesa Madame Curie. É a junção do mundo religioso e do mundo secular.

Vou disponibilizar aqui o link do site do Museu Histórico da Cracóvia, onde está o acervo de fotos raras destes presépios. Pois, se ainda não temos uma máquina para viajarmos no tempo, temos a internet, que pode nos deixar um pouquinho mais próximos da história dos nossos ancestrais. Até a próxima viajem pessoal!

LINK: http://www.mhk.pl/collection/krakow-nativity-scene

Jéssica Kotrik Reis Franco
Últimos posts por Jéssica Kotrik Reis Franco (exibir todos)

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
O Fotógrafo Sírio
São Mateus do Sul 110 anos e a reescrita da história
Instituto Histórico e Geográfico de São Mateus do Sul (IHGSMS) comemora 3º aniversário