Educação e Cultura

Uniformes escolares são distribuídos na rede municipal de ensino de São Mateus do Sul

Investimento de cerca de R$ 750 mil são provindos dos repasses dos royalties. (Foto: PMSMS)

A Prefeitura de São Mateus do Sul através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC), iniciou na segunda-feira (21), a entrega dos mais de 5 mil uniformes escolares aos alunos da rede municipal de ensino.
O kit escolar que contempla um par de tênis, uma calça, uma bermuda, duas camisetas e uma jaqueta estão sendo distribuídos aos alunos das escolas municipais e dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIS). A exceção são os alunos dos berçários que ainda utilizam de roupas específicas para bebês de 4 meses a 1 ano de idade.

Os alunos da Escola Municipal do Campo Sérgio Graciano Meira, na localidade do Lageadinho, foram os primeiros a adquirir seu uniforme completo e junto de seus pais, na manhã fria de segunda-feira (21), receberam a visita do Prefeito Municipal, Luiz Adyr Gonçalves Pereira, de seu Vice, José Stuski e do Secretário de Educação e Cultura Jorge Manfroni, que estiveram presentes na instituição para fazer a entrega e enaltecer a importância daquele momento.

Segundo Manfroni, todos os alunos irão experimentar seus uniformes, e caso seja necessário, ajustes serão feitos. “As entregas serão agendas às segundas, quartas e sextas, para propiciar tempo hábil para estes ajustes.”

A logística da distribuição contempla primeiramente as escolas da zona rural e o calendário das entregas será realizado semanalmente e divulgado às escolas que por sua vez notificaram os pais.

A gestão municipal investiu cerca de R$ 750 mil de recursos próprios através da otimização da verba destinada a educação, especificamente oriunda dos royalties. De acordo com Manfroni, o uniforme colaborará diretamente com os alunos e suas famílias, além da padronização e a segurança das próprias crianças nos ambientes escolares. “Vamos conseguir equiparar as questões sociais dentro das salas de aula”, enfatiza.

O Secretário também destaca o empenho de toda a gestão pensando nas crianças, nas famílias e no bem-estar delas dentro do ambiente escolar. “Foram vários setores que colaboraram com o processo licitatório e o Prefeito desde o início de sua gestão vêm exigindo que o município fornecesse uniforme aos alunos”, diz.

Após o processo licitatório a Prefeitura Municipal noticiou que com o início das aulas, a empresa ganhadora iniciaria a fase de obter as medidas de cada aluno, a fim de produzir os uniformes de forma personalizada a cada criança. Esse procedimento iniciou no dia 26 de fevereiro, logo após a primeira semana de aula, onde a equipe escolar ainda estava organizando seus ambientes de ensino.

“Quando a empresa chegou à cidade se assustou com o tamanho dela. A SEMEC teve de disponibilizar funcionários para os acompanhar. A empresa concluiu a medição no dia 28 de março e contratualmente tinha 90 dias para repassar os uniformes”, comenta o secretário que foi indagado através das redes sociais, pelos vários pais que o questionavam sobre a demora na entrega.

Jorge relata que a empresa tinha em mente concluir esse processo na primeira quinzena de março, mas devido a exigência do município em prover a medida de todos os alunos, em cada escola, em cada comunidade, os planos tiveram de ser revistos.

“Uma das maiores preocupações da gestão vem a ser a comodidade das crianças, que em muitos lugares pelo Brasil recebem uniformes que não condissem com o tamanho do aluno, muitas vezes sendo menor ou até mesmo maior”, enfatiza Manfroni que comenta que foi realizado todo um gerenciamento dos recursos financeiros para atender essa demanda. “Não tínhamos em mente causar nenhum transtorno.”

A presença dos pais está sendo solicitada nas entregas para que eles possam analisar o uniforme entregue e assinar o termo de recebimento do kit. De acordo com a SEMEC, a empresa já repassou o primeiro lote dos uniformes que comtempla pouco mais de 1.500 uniformes e os demais lotes serão entregues na sequência.

 

Comentários

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Jovens são-mateuenses são destaques em festival de dança no Teatro Fernanda Monte Negro em Curitiba
Jovem são-mateuense cria sebo para venda de livros na Feira do Produtor
Alunos do Colégio Milenium visitam a redação da Gazeta Informativa