A campanha acontecerá nas unidades de saúde e centro de vacina do município. (Foto: Acervo Gazeta Informativa)

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, informa que em 2019, o Ministério da Saúde lança a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza – gripe –, no período de 10 de abril a 31 de maio de 2019, sendo 4 de maio, o dia de mobilização nacional. “A campanha será dividida em etapas, sendo priorizado as crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos,11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) de 10 a 18 de abril”, informa a equipe que também ressalta que a partir do dia 22 de abril os demais grupos prioritários serão vacinados: idosos a partir de 60 anos, professores de escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas e trabalhadores de saúde.

A escolha dos grupos segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis. Mesmo fora das turmas prioritárias, é possível conseguir sua dose na rede privada – os valores vão de 100 a 200 reais.

Locais de vacinação em São Mateus do Sul

A população poderá receber a vacina diariamente, nas seguintes Unidades de Saúde: Unidade de Saúde da Palmeirinha – das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 16h; Unidade de Saúde da Amaral – das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 16h; Unidade de Saúde da Americana – das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 16; Unidade de Saúde da Vila Bom Jesus – das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 16h; Ambulatório Médico da Washington Gusso (Vila Prohmann) – das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 16h30.

O Centro de Saúde, localizado na Rua 21 de Setembro, 355, Centro de São Mateus do Sul, neste período estará aberto das 8h às 17h, sem fechar para o almoço. As demais localidades serão informadas posteriormente. Para mais informações entre em contato no telefone (42) 3912-7077.

A vacina da gripe em 2019

Em relação ao ano passado, houve alteração de duas cepas na vacina. “O Ministério da Saúde não indica a utilização da vacina contra influenza do ano passado, pois não tem a mesma composição, o que faz com que não seja eficaz para proteção”, informam. Cabe lembrar que o vírus da gripe sofre mutações constantes – e sempre há um subtipo que circula mais em determinado ano. Por causa disso, a vacinação anual é imprescindível.

O que fazer se os sintomas da gripe surgirem

A orientação é que indivíduos que apresentem sintomas de gripe evitem sair de casa, assim como aglomerações e ambientes fechados, e adotem hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos. É importante conversar com o médico para, caso a situação se agravar, buscar apoio rapidamente.

Recomendam-se ainda medidas gerais de proteção, como a constante lavagem das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento, e a adoção da etiqueta respiratória, que consiste em cobrir a boca ao tossir ou espirrar. Isso impede a transmissão do vírus. Outra dica importante é não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

Estudante de Jornalismo que adora escrever e conhecer um pouco sobre a vida e a história de cada pessoa envolvida. Preza pela essência que é repassada na produção de cada matéria, valoriza os pequenos gestos e apoia o ativismo ambiental. E-mail para contato: claudia@gazetainformativa.com.br

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
São Mateus do Sul tem caso confirmado de dengue
Como está a saúde são-mateuense nestes 110 anos
Vacinação contra a gripe inicia na próxima segunda-feira, 04 de maio

Deixe seu comentário

*