Grupo doador, organizado por Vilson Macuco dia 09 deste mês. (Fotos: Divulgação)

Um ato voluntário que pode ajudar a salvar até 4 vidas. A doação de sangue é simples e rápida, podendo ser, inclusive, considerada como um legítimo ato de amor ao próximo. Dia 14 de junho foi o Dia Mundial do Doador de Sangue e essa data vem para lembrar da importância e necessidade dessa ação. Infelizmente, por conta da pandemia, o número de doações caiu significativamente.

Em cada doação, uma pessoa pode doar, no máximo, 450 ml de sangue, sendo que esse volume é reposto pelo próprio organismo em cerca de um único dia. Além de ser um procedimento simples, também é muito seguro, pois todos os materiais utilizados no procedimento são descartáveis, não havendo riscos de contaminações.

O Hospital de São Mateus do Sul é atendido pelo hemocentro de União da Vitória. Este mesmo atende outros municípios integrantes da 6ª Regional de Saúde, sendo eles: Antônio Olinto, Bituruna, Cruz Machado, General Carneiro, Paula Freitas, Paulo Frontin e Porto Vitória.

Dessa forma, os interessados em realizar doação de sangue devem se locomover até a cidade de União da Vitória. Um belo ato voluntário neste quesito fica por conta do são-mateuense Vilson Macuco, que organiza o transporte dos interessados.

Em conversa com a redação, Vilson contou que houve um tempo em que as coletas eram feitas em nosso município, no salão paroquial, onde ele já participava de forma assídua. Quando as campanhas acabaram, sabendo da importância da doação de sangue, ele começou a organizar transportes para outras cidades. “Iniciamos indo até Curitiba com grupos voluntários e, atualmente, fazemos doações em União da Vitória, por ser mais próximo”, Vilson conta. “Doar sangue é um ato de amor ao próximo. Se trata de fazer o bem sem olhar a quem”, finaliza.

6º Regional de Saúde, a qual é atendida pelo hemocentro de União da Vitória.

Vilson Macuco é doador há quase 30 anos.

Ele conta que antes eram organizados transportes a cada 3 meses, mas, devido a pandemia e evitando aglomerações, estão sendo transportadas menos pessoas e em maior frequência, sendo levada mensalmente uma equipe com, no máximo, 15 doadores.

Aqueles que querem participar do projeto do sr. Vilson, podem entrar em contato diretamente com ele pelo WhatsApp (42) 98835-4229. A próxima doação será no dia 06 de julho.

E aqueles que têm transporte próprio, podem se dirigir até a Rua Castro Alves, nº 26, no centro de União da Vitória. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 8 às 11h e das 13 às 16h. Por conta da pandemia, estão sendo realizadas as coletas com data e hora marcada, podendo ser agendadas pelo telefone (42) 3522-1365 ou pelo site do Governo do Estado.

Requisitos para ser doador:

Há alguns requisitos básicos para ser um doador de sangue, além de um generoso coração, que são:

  • Saúde: Estar em boas condições gerais;
  • Idade: Ter entre 16 e 69 anos. Menores de 18 anos necessitam de autorização do responsável.
  • Peso: Superior a 50 kg;
  • Alimentação: Não deve estar em jejum e evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação. Aguardar intervalo de 1h caso a doação seja após o almoço;
  • Documento: oficial com foto emitido por órgão oficial, como RG, CPF ou CNH;
  • Intervalo: Respeitar intervalo entre as doações.

O intervalo citado se refere ao tempo mínimo entre as coletas de sangue. Para os homens, essa pausa deve ser de 2 meses, enquanto que para mulheres deve ser de 3 meses.

Comentários

MATÉRIAS RELACIONADAS
Familiares e amigos promovem “Chárreata” para casal de pais são-mateuenses
Trocando ervales por cerveja: confira o histórico das cervejarias do 1º Festival de Cerveja e Gastronomia
São-mateuense monta tradicional presépio há 60 anos