Religiosidade

Walter Jorge Pinto é o novo bispo da diocese de União da Vitória

A nomeação do padre como bispo aconteceu nessa quarta-feira (9). (Foto: Divulgação)

O papa Francisco nomeou bispo da vacante diocese de União da Vitória (PR), padre Walter Jorge Pinto, atualmente pároco da paróquia São José Operário em Barbacena (MG), que pertence à arquidiocese de Mariana (MG). A notícia foi publicada nesta quarta-feira (9), no Boletim da Santa de Imprensa da Santa Sé.

A diocese de União da Vitória esteve vacante desde a morte de dom Agenor Girardi, falecido no dia 08 de fevereiro de 2018, vítima de um quadro infecioso grave, que o levou à falência múltipla dos órgãos.

Novo bispo
Padre Walter Jorge Pinto é natural da cidade de Ubá (MG). Nasceu em 12 de fevereiro de 1963. Ingressou no Seminário São José, na arquidiocese de Mariana, em 1996, onde cursou Filosofia e Teologia. Fez a convalidação do curso de Teologia no Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (MG), por meio do Seminário Santo Antônio, da arquidiocese de Juiz de Fora. Padre Walter é engenheiro agrônomo, formado pela Universidade Federal de Viçosa (MG), onde também cursou o mestrado na área de Fitotecnia. Sua ordenação diaconal foi no ano de 2001. No ano seguinte, em 1ª de junho de 2002, foi ordenado presbítero pelo servo de Deus dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, na arquidiocese de Mariana.

Padre Walter Jorge é, atualmente, pároco da paróquia São José Operário, na cidade de Barbacena. Em sua trajetória, foi pároco da paróquia de São João Batista, em Viçosa, administrador paroquial da paróquia de São Sebastião, em Pedra do Anta (MG), e vigário paroquial na paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em Viçosa. Membro do Colégio dos Consultores da arquidiocese de Mariana, padre Walter também assessora a Pastoral Familiar.  Por três anos foi vigário episcopal. Também atou como representante dos presbíteros, membro do Conselho Presbiteral, assessor regional do Serviço de Animação Vocacional e defensor do vínculo no Tribunal Eclesiástico Marianense.

A diocese
Padre Walter Jorge chegará à diocese do centro-sul paranaense contando, de acordo com os dados divulgados no site oficial, com 37 padres, nove diáconos permanentes e cerca de trinta religiosas. As paróquias são 25, com mais de 400 comunidades, uma população de cerca de 350 mil pessoas, distribuídas em 14 municípios: União da Vitória, Bituruna, General Carneiro, Cruz Machado, Porto Vitória, Paula Freitas, Paulo Frontin, Mallet, Rio Azul, Rebouças, São Mateus do Sul, Antônio Olinto e São João do Triunfo.

Abaixo, a saudação enviada ao monsenhor Walter Jorge Pinto pelo secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Steiner.

Saudação da CNBB ao monsenhor Walter Jorge Pinto

Estimado irmão, monsenhor Walter Jorge Pinto,

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) congratula-se pela escolha do Santo Padre, o Papa Francisco, de nomear-te bispo da diocese de União da Vitória, no estado do Paraná. Na alegria deste pastoreio a ti confiado, oferecemos nossas orações para que o Espírito Santo continue a te guiar na missão.

Quero unir-me também à jubilosa alegria de todo o povo de Deus da Diocese de União da Vitória, que recebe novo pastor. Agradeço ao padre Mário Fernando Glaab pelo empenho em auxiliar a Igreja neste período.

Dedicada ao Sagrado Coração de Jesus, a diocese de União da Vitória está entregue ao coração do Bom Pastor, como nos recorda o Papa Francisco, ao ensinar que este não é apenas o coração que tem misericórdia de nós, mas é a própria misericórdia.

Durante a solenidade do Sagrado Coração de Jesus, em 2016, o Santo Padre indicou que somos ungidos para estar perto do povo concreto que Deus, através da Igreja, nos confiou. “Ninguém fica excluído do seu coração, da sua oração e do seu sorriso. Com olhar amoroso e coração de pai acolhe, inclui e, quando tem que corrigir, é sempre para aproximar; não despreza ninguém, estando pronto a sujar as mãos por todos. […] Com paciência, escuta os problemas e acompanha os passos das pessoas, concedendo o perdão divino com generosa compaixão. Não ralha a quem deixa ou perde a estrada, mas está sempre pronto a reintegrar e a compor as contendas. É um homem que sabe incluir”.

Que sua ação missionária, amadurecida nas férteis terras da arquidiocese de Mariana (MG), continue a enriquecer a Igreja no centro sul paranaense.

Em Cristo,

Brasília-DF, 09 de janeiro de 2019

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário-geral da CNBB

Fonte: CNBB

Redação do jornal Gazeta Informativa

Compartilhe:


MATÉRIAS RELACIONADAS
Padre e Diácono tomam posse na Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa e possuem muitos objetivos para a comunidade
Pelo 12º ano consecutivo, Braspol de São Mateus do Sul organiza momento de oração para São João Paulo II
Fiéis da igreja Assembleia de Deus se unem para revitalizar ruas da Vila Americana

Os comentários estão fechados